Um Café Curto Mad in USA

6 Comments


É hoje o tão esperado debate entre Sarah Palin e Joe Biden, as escolhas para a vice-presidência americana dos candidatos republicano e democrata, respectivamente. Depois das desastrosas perfomances da senhora Palin na comunicação social, há quem diga que esta é a sua última hipótese para conquistar os americanos e tentar contrariar a tendência vitoriosa da candidatura de Obama. Biden, por sua vez, tem que evitar ser sexista ou paternalista, porque lhe pode sair muito caro. Fontes bem informadas dizem que ele tem se preparado para o debate de hoje sobretudo com mulheres, entre as quais, a própria Hillary Clinton.

Para quem tiver a Zap TV, o debate dá na Sic notícias, em directo, a partir das 23:30 horas

Entretanto, aqui fica um gráfico com a evolução das sondagens nos últimos dias. Como se vê, tudo menos favas contadas. A luta continua.





You may also like

6 comentários:

Anónimo disse...

Para quem tem Zap, o melhor é seguir pela CNBC (canal 11) ou pela BBC (canal 10).

Na SIC, há um constante semi-comentário e uma estranha pseudo-tradução instantânea do debate, o que estraga tudo.

O único inconveniente de assister pela CNBC é ter-se que entender bem o inglês.

João Branco disse...

Anónimo, excelente sugestão. O primeiro debate não consegui seguir convenientemente por causa da pseudo-tradução da SIC Noticias.

Anónimo disse...

we are not mad. we happy.

João Branco disse...

What? Ah, ok!

Anónimo disse...

A Senadora Palin nunca deveria ter sido indicada para VP porque a maior nação do mundo, a maior democracia do mundo, deve ter a sua frente gente inteligente, gente brilhante. A Sra. Palin é inqualificável!
Mas, nesta grande nação, onde um actor medíocre ja foi PR e um outro é Governador da California, tudo pode acontecer. E o Obama que se ponha a pau porque o verdadeiro combate ainda não aconteceu. Já estão a querer ligá-lo com o tal Bill Ayers, um membro de um grupo radical nos inícios dos anos 70 que chegou a atacar o Pentágono e o Capitólio. Esta história vai ser explorada, e de que maneira, pelos líderes republicanos. E ainda temos que nos lembrar do Reverendo Jeremiah Wright, que deve lançar um livro este mês.

Neste momento, e com as sondagens a indicarem uma vantagem relativamente confortável para Obama, o Partido Republicano precisa desesperadamente de mudar o curso da campanha.

Prevejo muita turbulência!

Ana

João Branco disse...

eu prevejo muito jogo sujo...