Um Café Curto

13 Comments


Certos blogueiros puseram as mãos na cabeça porque parece que o nóvel Presidente da Câmara Municipal da Praia comprou - ou mandou comprar - uma daquelas bombas automóveis de fazer água na boca a qualquer mortal que por ela passe as vistas. Não vejo onde possa estar o problema, ainda por cima sabendo que passa a ser património da Câmara Municipal, ou seja, de todos nós, e que o comprou poupando uma pipa de massa na alfandega (parece que há isenção para as matrículas amarelas). Vendo bem as coisas, esta foi uma compra que podia ter custado muito mais ao erário publico e não custou, mesmo que tenha sido à custa de um outro erário público! E podemos ficar satsifeitos: no fundo, cada um dos municipes da Praia é dono de um bocadinho daquela bomba ambulante. Somos co-proprietários de uma big viatura!

Cambada de invejosos, esses críticos e blogueiros fatalistas. Ainda por cima, como ficamos todos a saber no grande debate, vulgo frente-a-frente Viega/Neves, os nossos políticos ganham mal e trabalham muito, e por isso, digo eu, tem que ter alguma regalia. Pelo menos fazem-se transportar como deve de ser e só motivam o povinho que vê aquela coisa a passar e pensa «quando for grande quero ser Presidente da Câmara».

Chama-se a isso psicologia motivacional.




You may also like

13 comentários:

MS-Mnininha Soncente disse...

Acho que as pessoas, querendo ir para este caminho deviam investigar. Porque aquela viatura ficou mais barata que mtos prados que andam com os directores de serviço da fç pública. Podiam ir à CMP ou à Toyota para verem qto ficou realmente essa viatura...SE É QUE ISSO INTERESSA PARA ALGUMA COISA. Ainda não ouvi/li ninguem louvar o Ulisses pela postura de diálogo com os munícipes e tentativa de os envolver nas decisões que a CMP tem estado a tomar...enfim...

Anónimo disse...

Hahahahahahahahaha... Esta acertou em cheio!

Temos mais é que txupar limon!

Anónimo disse...

João,
Este café é curto, forte, bem amargo e roça a ironia no seu melhor, gostei!
A minha opinião é a seguinte: "Vergonhosa atitude do Ulisses!". Em seis meses de mandato o homem faz uma loucura dessas? Mal começou já faz besteiras, das grossas!
Quer dizer, começou mal…
E a justificação que ele deu para tamanha afronta pública? Eis as declarações dele: “há uma coisa que todos temos que nos entender: no dia em que o Primeiro-Ministro e os seus andarem de burro, nós também andaremos de burro. Mas primeiro que sejam eles a andar de burro”( excerto do comentário do Ulisses postado por edy no Bianda). Quer dizer se o JMN comprar o carro mais caro do mundo, compraria ele também.
Caso para dizer: “Pior a emenda que o soneto”. Para mim, foi uma justificação que ficará nos anais das asneiras mais eloquentes que alguns dos nossos políticos proferiram, principalmente quando estão no poleiro. Mas que resposta, ainda custa acreditar que ele proferiu essas descaradas declarações…
Com tantas prioridades para a nossa Capital e compra-se um carro de 10.000 contos? Então, a Câmara Municipal da Praia não está com problemas financeiros? Pelos vistos, não está falida não.
Ulisses: "dribla com direita e chuta com direita".
Enfim, cabe à malta ficar atento aos desmandos e à ostentação desnecessária.
Abraço,
J.J. Fonseca.

João Branco disse...

MS, postura de diálogo, fantástico, maravilha, aplausos. Também não sei se os carros que a CMP era velhos e caducos e se esta compra era necessária. O que me parece estar aqui em causa é termos alguém que se queixa que nao pode resolver muitos dos problemas da cidade por falta de verba, e aparece com uma bomba daquelas... Ele, ou alguém, que explique então quais são as prioridades da CMP.

Anónimo, o pessoal esquece-se que a inveja é um pecado mortal!

João Branco disse...

JJFonseca, estas palavras, se foram realmente proferidas, enfim... Nem sei o que dizer...

João Branco disse...

Justifacação no Expresso das Ilhas: «mas hoje o edil da Praia, socorrendo-se da factura da compra do veículo justificou que o mesmo foi adquirido à Cabo Verde Motors e custou 4250 contos. A referida viatura foi encomendada a 30 de Setembro do ano em curso. A justificação dada para adquirir o novo veículo, é que o utilizado pelo seu antecessor "andava a relinchar como um cavalo".»

Comentários?

Anónimo disse...

percebo a indignação... c/erário publico n se brinca.. tb n se brinca com as pessoas com desculpas e argumentos descabidos...porém proponho que n se dê tanta importancia ao caso e tente-se elevar a discução sobre a praia, os politicos ,as politicas, mutio muito para além da compra de carro x ou y...há assuntos tão mais importantes a serem abordados...
Façamos um esforço e consideremos esta questão dos carros (e mto mais coisas) como um probema q atravessa toda a função publica.Um problema de mentalidade "terçeiro mundista", "novoriquista" generalizada (tb as empresas, os comuns mortais teem-se comportado-se assim)
pegemos nela de forma mais abrangente, mais elevada, mais inteligente.
mais: tentemos concentrar esforços para que se comesse uma verdadeira discução sobre a praia, seus problemas, suas potencialidades...
n nos percamos em assuntos periféricos (importantes sim pois sintomáticos..porém n a ponto de estarem na primeira linha dos debates)
fore abraço

João Branco disse...

Bom apelo. Mas nem por isso penso que não se faça o que vai sugerido. Não é propriamente a primeira vez que nos blogues se falam dos problemas da Praia e das suas possiveis soluções. Muito pelo contrário...

Anónimo disse...

n era essa a intenção...é claro q tem sido feito algum debate...è q tenho visto tanta e tanta energia (texto, palavras, tempo) gasta á volta deste carro que sufoca...seja nos blogs, na rua, nos jornais...demais...
(em alguns blogs teem surgido cada comentário mais absurdo sobre este tema. gente tão inteligente a cair de quatro na trivialidade partidarista)
...foi mais um desabafo...
um apelo ao exercicio da busca do nuclear, issencial...acho que deveremos ter esse exercicio como uma pequena "obsessão" nacional... fteabraço

Anónimo disse...

Vamos ao que importa. Onde a viatura foi comprada? Quero uma igual pelo mesmo preço publicamente anunciado de 4250contos.
Por isso alguém me diga onde se compra para eu lá ir e ai deles que me peçam mais um tostão do que pediram ao emérito Ulisses...

João Branco disse...

Bem, se souberem de algum local onde se possa comprar o mesmo carro por, digamos, 40 contos, talvez eu possa pensar nisso... hahaha

Anónimo disse...

..eu sei dum lugar, que até dão carros gratuitos...de papel

http://ojornaldahiena.wordpress.com/2008/10/30/carro-do-povao/

João Branco disse...

Anónimo, tens razão. Já lá tinha ido e, de facto, ali os carros são de graça! E não se paga impostos!