Café das Curiosidades

8 Comments


Os habitantes da África do Sul estão entre as pessoas que tem mais orgasmos no mundo.

De acordo com a Sexual Wellbeing Global Survey (Pesquisa de Bem-estar Sexual Global) 66% de pessoas da África do Sul tiveram orgasmos quase todas as vezes que fizeram sexo, um número alcançado apenas pelos espanhóis, mexicanos e italianos. Os brasileiros ficaram em segundo lugar com 65% de pessoas indicando que sempre ou quase sempre alcançam o clímax. Os chineses e japoneses são os que tem menor probabilidade de alcançar orgasmo, um em cada quatro conseguem fazê-lo.

A pesquisa foi patrocinada por um fabricante de preservativos e respondida por 26 mil voluntários em 26 países diferentes. Podem ter acesso ao estudo aqui.

Comentário Cafeano: E em Cabo Verde? Qual o verdadeiro grau de bem-estar sexual dos cabo-verdianos? Eis uma pergunta para a qual eu gostava de ter uma resposta, porque me parece que se andam alimentar muitos mitos por aí... e, enfim, talvez as coisas não sejam tão coloridas como, por vezes, se quer fazer crêr.




You may also like

8 comentários:

Virgílio Brandão disse...

João,
só as cabo-verdianas podem responder a esta questão; porque se for o crioulo basofo a fazê-lo...

Abraço fraterno

João Branco disse...

Hehehe Sim, aqui não há disfunção erectil... deve ser do clima! Cuidado por aí, em terras lusitanas... não vá te acontecer nenhum acidente. Hehehe

Virgílio Brandão disse...

Diabo seja cego, mudo e paralítico!

Eh, eh...

Xana disse...

o que define um grande homem não é, naturalmente, a erecção ... o que de facto é um desafio é fazer a parceira atingir as nuvens. Nunca tive grandes problemas com o maridão mas ouço outras raparigas menos afortunadas dizerem que os crioulos nem sempre são grande coisa. Egoístas sentimentalmente e egoístas (para além de basofeiros) na cama. Aliás quando estava a estudar várias colegas ficaram espantadas com a dedicação e carinho de alguns lusitanos. Nem sempre o material de qualidade é sinal de bom desempenho ... é como na faculdade! Os meus alunos mais dedicados quase nunca são os mais inteligentes. Mas é tudo de "ouvir dizer" ... como disse, para além de não ter problemas com o meu crioulo também nunca experimentei nenhum lusitano.

João Branco disse...

Nisto como em tudo na vida, há os bons e os maus, os fantásticos e aqueles que acabam por estragar a fama do conjunto. Como disse no comentário, há por aí muitos mitos que seria bom desfazer, nomeadamente, com a possibilidade de se realizar estudos deste género no nosso país. Acredito que muitos ficariam espantados com os resultados... ou não?

MYA disse...

Realmente! Entao e os Lusitanos que andaram a povoar meio mundo e ainda andam, nada ??
Cao que ladra nao morde.

Anónimo disse...

Sugiro que o INE ou os da Afrosondagem peguem na questão e esclareçam. Os mitos só se alimentam porque não há dados, não há estudos! Uma amiga comentava que muitos dos nossos matchus, que andam por aí a pavonear-se, quais "Reis da Cocada", são uns "merdas" no que toca a "potenciar orgasmos". Querem montar e mais nada, ou seja, querem montar para ter orgasmo, quando ao resto que se lixe!

Algo curioso: li algures que um estudo realizado por pesquisadores da Escócia e da Bélgica indica que o modo de andar dá indicações sobre o histórico de orgasmos de uma mulher. O estudo também indica que a soma de passos largos e rotação da vértebra facilita o orgasmo das mulheres.
E esta heim????!!!!
Ana

João Branco disse...

Ana, é o que parece. Há por ai muitos mitos a precisarem de ser desfeitos. Sociololgos, psicologos, cientistas sociais: saiam dos vossos gabinetes, venham para o terreno, há tanto para investigar!