Dois Cafés Curtos Mad in USA

3 Comments


1. Pronto, aconteceu: o General Colin Powell anunciou o seu muito aguardado apoio a Barack Obama, um agente de transformação ("transformational figure"). Segundo as suas palavras, Obama tem todas as condições para vir a ser «um presidente excepcional». E este não é um apoio qualquer. Powell foi nada mais nada menos do que Secretário de Estado no primeiro mandato de Bush e um republicano conceituado nos EUA. Mais uma (pequena) vitória para Obama.

2. O candidato democrata entretanto, terá realizado aquele que foi o seu maior comício até hoje, conseguindo juntar em St. Louis, Missouri, mais de 100 mil pessoas que foram ouvir o candidato democrata. O Missouri é um dos estados onde Mccain está “obrigado” a vencer, pois os seus 11 votos eleitorais poderão fazer a diferença, caso a eleição seja renhida. As últimas sondagens têm dado uma ligeira vantagem a Barack Obama.




You may also like

3 comentários:

MYA disse...

Com muita pena minha, e ainda nao tinha expressado a minha opiniao, Obama nao ganha.
Nem com a merda da crise actual, que lhe é bastante favoravel politicamente, pois "enegrece" a imagem e desempenho dos politicos americanos actuais.

Antes do Raciocinio está o Orgulho.
E todos nós sabemos que Americano em geral não é particularmente dotado do primeiro.

João Branco disse...

Mya, vira essa boca pra lá! Olha que não é o que dizem todos os estudos, sondagens, sinais, etc. Tudo aponta para que Obama possa mesmo ganhar estas eleições.

MYA disse...

DEUS te ouça. E que eu esteja redoondamente enganada com a minha visão.