Um Café Curto com o Barça

11 Comments


Fiquei muito contente com a vitória do Barcelona na final da Liga dos Campeões. Por várias razões entre as quais estão o facto de ser um clube de uma região com forte identidade própria e que ombreia contra o centralismo obsessivo de uma capital e a histeria habitual dos adeptos rivais madrilenos (fazendo lembrar o que se passa ali ao lado num país vizinho); por ser a vitória do futebol espectáculo da equipa que mais promoveu a modalidade durante o ano; por ser a vitória de um treinador novo (o mais novo a conquistar o troféu na história da competição) ousado, inovador e corajoso; por ser a vitória da fantasia  de um Messi sobre a arrogância e má criação de um Ronaldo; e porque fica sempre bem festejar a vitória da única grande equipa da Europa que ainda não vendeu a sua camisola a interesses comerciais e tem a Unicef estampada nos seus equipamento. Ontem, o mundo foi justo.




You may also like

11 comentários:

Francisco Trindade disse...

"...e porque fica sempre bem festejar a vitória da única grande equipa da Europa que ainda não vendeu a sua camisola a interesses comerciais e tem a Unicef estampada nos seus equipamento"

Francisco Trindade disse...

"...e porque fica sempre bem festejar a vitória da única grande equipa da Europa que ainda não vendeu a sua camisola a interesses comerciais e tem a Unicef estampada nos seus equipamento"

Essa tem muita piada!!!...

Anónimo disse...

Até que enfim estamos de acordo no futebol, João!

Viva o Barça!
Viva a Catalunya!

(p.s.) Como dizia o outro, eu sou do Barça desde pequenino!

a) RB, anónimo por obrigação

Manu Moreno disse...

FANTASTICO...É A MELHOR EQUIPA QUE JÁ VI JOGAR...!!!
Kel abçom di kuraçom!!!
ManuMoreno.

zito azevedo disse...

Talvez tivesse sido escusado o triste espectáculo da segunda mão da meia final com o Chelsea...
Zito Azevedo

Manu Moreno disse...

Sem nenhuma duvida Azevedo...Tendo em conta a lei do murphe..."o k esta pra correr mal, corre mal"....No futebol, muito de nós pensamos que o dinheiro faz milagres, mas isso não verdade...milagre existe mais é com trabalho e humildade...Reparaste que o barcelona jogou com 7 jogadores da formação e com 4 jogadores que a um ano atras era de segundo nivel e o mais flagrante é o Gerard piqué que na Inglaterra via jogos de bancada...Então vamos dar de Cesar o que é de Cesar(Mister Guardeola)...A respeito do Chelsea, ainda esta semana o Makelele, explicou porque que não foram campeões Europeu(equipa só queria protagonismo, incluindo o Mourinho e assim sendo cada Atleta ou mesmo Misters puxa para o seu lado, deixando não transparecer a colectividade e a união do grupo)...Na entrevista que o Messi deu disse ele:"Nos somos uma familia e bojan krkic é cassula, isto sim é humildade!!!

Kel abçom di kuraçom!!!!
ManuMoreno!!

João Branco disse...

É isso mesmo, Manu. E fica ainda por desvendar porque é que adeptos dos vermelhos de Lx, quando a sua equipa está na lama, gostam muito de dizer que são adeptos do Barcelona! Isso é completamente anti-natura! O equivalente do adepto do benfas em Espanha são os adeptos do Real Madrid, assim com o jornal A Marca é uma cópia da Bola lusa (ou vice-versa).

zito azevedo disse...

Ninguém pretende tirar de César o que lhe pertence só que, por vezes, o que é de César não foi amealhado da forma mais correcta...Isto não invalida nem tira brilho à vitória do Barça, de que não sou adepto se calhar porque o não sou, também, do SLB...
Aliás, o meu clube, à semelhança do Barcelona, também privilegia a formação...Quem não tem cão...
Zito Azevedo

Anónimo disse...

De um "benfas" para um "andrade":

a minha declarada simpatia pelo Barça não tem nada a ver com o futebolzinho cá da terra, pobrezinho, falidinho e deturpadinho que ele é (e toca a todos, caríssimo...!).

É, antes, uma opção marcadamente ideológica e, por isso, tão natural como a água das fontes.

Para além, claro está, da adesão à beleza objectiva do modelo competitivo espraiado em campo.

(p.s.) Sou benfiquista mas, também, um "homem do norte" (de apenas cerca de 40 Km do Puârto", em que até fiz todo o Secundário). Por isso passa-me ao lado essa divisão totalmente abstrusa entre os "bons" (os lá de cima) e os "maus" (os mouros cá de baixo) e vice-versa.

Nesta perspectiva, o que me une ao Barça é não uma qualquer luta contra o centralismo da capital, mas antes a ideia da resistência nacionalista e republicana que ele simboliza.

Sem esquecer que, de Salazar a Sócrates, uma larguíssima maioria dos políticos e empresários portugueses foi (e é) constituída por "homens do norte" e que foram eles, portanto, quem criou, fundamentou e sustentou a referida centralização.

Tema interessante este, o da regionalização (também em Cabo Verde).

a) RB

João Branco disse...

RB, tens todas as características de um bom portista. Há por aí algum erro de casting, ou então uma lavagem cerebral bem (ou mal) sucedida! :)

Miguel Barbosa disse...

DEMASIADO FIÉIS PARA DISISTIR!

SLB