Café Comemorativo

17 Comments

A melhor imagem dos vencedores




O FC Porto sagrou-se Tetracampeão. Parabéns!




You may also like

17 comentários:

Patrique disse...

JB no ta de parabéns e de que maneira, nos FCP tem nos orgulhoso ha largos anos... É smp um regojiso celebra mas um campeonato.
E que venham mais...

Catarina disse...

Pooooooorrrrrrrrttttttttoooooooo!

Anónimo disse...

e biba ò Porto!!!!!!!!!!!

Anónimo disse...

Rrr...nhec/z#x?-.ªz*v!!!

a) RB, anónimo por obrigação

zito azevedo disse...

Na qualidade de membro da Casa de Alvalade, não venho aqui expressar qualquer tipo de revolta ou azedume (não é vergonha perder para o melhor) mas sim o meu sincero "parabéns"...
Zito Azevedo

Fonseca Soares disse...

É! Os meus parabéns!!! Tal como o sr. Zito Azevedo, sem azedume. Só espero que pr'ó ano tenham concorrentes, de facto.
Abraço

João Branco disse...

Obrigado a todos, em nome do FC Porto.

RB, desta vez não entendi a tua poesia... está em coreano? hehehe

Tiago Leão disse...

Eu, a partir de certa altura, adoptei o pragmatismo tripeiro: se o árbitro marcou então é penaltie, se o árbitro não marcou então não é. E daí, se o FCP terminou a época com mais pontos então é campeão. Parabéns! Agora vocês desculpem-me lá qualquer coisinha, mas a atitude do Rodriguez é desprezível! Que os jogadores de hoje são uns mercenários sempre de pernas abertas para o dinheiro, tudo bem, cada um sabe de si. Agora, que eu saiba, ninguém tratou mal o Rodriguez na Luz, era mesmo um dos jogadores mais acarinhados pelos adeptos, e por isso não posso aceitar calado esta fotografia. Depois, além disso, há um fenómeno deveras interessante: festejei muitos títulos na Luz, tive a sorte de nascer antes da Época Pinto da Costa, e não me recordo de, por dá aquela palha, evocar-se o FCP; contudo parece que o Glorioso é presença obrigatória nas conquistas do FCP. Porque será?

João Branco disse...

Tiago, essa é fácil de explicar: vocês são o clube que mais tentou ganhar na secretaria o que nunca conseguem ganhar dentro de campo. Este ano então, foi um vómito. Mas pronto. Cada um luta com as armas que tem...

(Como o Trofense comprovou - se preciso fosse - de Glorioso o SLB tem hoje muito pouco.)

Quanto a jogadores mercenários, essa é boa, porque todos os jogadores que saem de qualquer clube português para o estrangeiro é para ganhar mais. O Simão é mercenário? O Ronaldo é mercenário? O Tiago é mercenário? O Ricardo Carvalho é mercenário? O Rui Costa é mercenário? O Figo é mercenário?

Ou tu pensas que eles vão para lá porque sonham "jogar em campeonatos mais competitivos"? Não sejamos ingénuos. Eles vão lá ganhar o deles. Agora há uns, como o caso do Cristian, que tem muita sorte, porque foi para um clube muito melhor, mais preparado, mais mentalizado, com melhores condições de trabalho. Outro, como aconteceu com o Maniche ou o Derley quando foram para Moscovo, que sofreram e muito a troco de dinheiro.

Tiago disse...

João, bocas clubísticas à parte, Glorioso é porque o Benfica é o maior clube português, factos, mais sócios, mais títulos, embora esta última qualquer dia o FCP nos ultrapasse, talvez aí faça menos sentido o Glorioso, agora por enquanto...
Quanto aos jogadores, sim, nem percebo como é que não vês a coisa assim, há hoje em dia pouco amor à camisola, não só no futebol, e demasiada ganância. O Simão, o Ronaldo, o Tiago, o Ricardo Carvalho, o Rui Costa e o Figo foram obviamente à procura de mais dinheiro, mas também de um futebol 1000 vezes melhor. Ou achas mesmo que jogar na liga portuguesa é a mesma coisa do que jogar nas ligas espanhola, inglesa ou italiana? Para mim, os jogadores que referiste são, Ronaldo à parte, de uma qualidade humana acima da média e compará-los com o Rodriguez só pode ser brincadeira da tua parte. E, em relação ao Figo, que considero bastante, pergunta lá pela Catalunha se ele é ou não mercenário. Por outro lado, sim, o Maniche e o Derlei são exactamente exemplos de mercenários puros, sentem a camisola de um clube consoante os cifrões. Agora, somente comentei a fotografia não para te chateares, ou para me chateares, com futebolices, comentei porque, e mais uma vez as tuas comparações parecem brincadeira, o Rodriguez, ao segurar aquele cartaz demonstrou uma ingratidão enorme, se o Benfica não o tivesse ido buscar ao banco do Paris Saint Germain, ainda lá estava, e fora da selecção, também. Enfim, não se pode exigir aquilo que as pessoas não são capazes de dar. Disse que as tuas comparações parecem brincadeira porque não me lembro do Simão provocar deste modo os sportinguistas quando marcava golos ao Sporting, e não foram poucos, assim como me lembro do Ronaldo quase não festejar quando marcou ao Sporting, ou do Rui Costa chorar quando marcou ao Benfica, por isso não estamos a falar do mesmo género de homens. Grande abraço.

João Branco disse...

Tiago, na boa. Não me chateei, muito menos agora que já te vi a cara! hehehe Olha, mas estás desactualizado, o teu clube já não é o clube com mais títulos em Pt. Lamento.

Tiago disse...

Claro! Mas, João, hoje A Bola fala de 66 títulos para o Benfica e 62 para o FCP...

João Branco disse...

Tiago, A Bola! Fala a sério! é o mesmo que um comunista se justificar com o que vem escrito no jornal Avante... :)))))

João Branco disse...

Tiago, lê isto com alguma paciência:

F.C. Porto apontado como dos poucos clubes no qual compensa investir

O FC Porto é "um dos poucos clubes portugueses no qual compensa" apostar em patrocínios e a "marca número um em Portugal", defenderam, no Porto, os académicos José Vale e Elisabete Serra.

Na apresentação da tese de mestrado de José Vale - "O impacto do patrocínio no capital das marcas: um estudo aplicado ao FC Porto" -, os dois académicos salientaram o poderio do já matemático tetracampeão português, considerando que a aposta no clube terá sempre retorno financeiro para os patrocinadores.

"O FC Porto, neste momento, é dos poucos clubes no qual compensa investir em patrocínios. Um patrocinador quer-se colocar à imagem do patrocinado e o FC Porto anda numa onda de vitórias. Desta forma, os patrocinadores querem aproveitar essa onda para seu próprio benefício", disse à Agência Lusa José Vale.

Elisabete Serra, professora associada da Universidade Lusófona vai mais longe na análise e coloca o FC Porto no primeiro lugar do ranking das marcas portuguesas.´

"O capital da marca do FC Porto é tão forte, que todas as outras que se associarem a ela têm claramente retorno garantido. Neste momento, coloco o FC Porto em primeiro lugar. Não tenho dúvida nenhuma que é a marca mais forte em Portugal neste momento".

O director-geral da Porto Comercial, Henrique Pais, recordou que o FC Porto tem sido um clube vencedor nos últimos anos, facto que, por si só, o coloca como alvo preferencial dos investidores.

"Como ganhamos mais vezes é natural as marcas apostem mais no FC porto. Creio que nos últimos anos o FC Porto tem sido o grande embaixador português das marcas portuguesas no estrangeiro", concluiu.

Fonte: JN

Anónimo disse...

Pois é. Mas a verdade é que, a acreditar nos oráculos liberais, o mercado é quem manda na economia globalizada.

E ele manda que as acções da Benfica Sad sejam, desde sempre (ou seja, desde que ela entrou em Bolsa), muito mais valorizadas do que as do Fcp Sad.

Porque será?

a) RB, anónimo por obrigação

Tiago disse...

Benfiiiiiiiiiiica! (Sorry, foi somente um momento de libertação)

João Branco disse...

RB, estás equivocado. Mas continua a agarrar-te a esse tipo de argumentos, só te fica bem. Lá dentro a gente continua a ganhar. O que te vale é a poesia, caramba!

Tiago, estás à vontade. Este blogue é pouco frequentado por menores, portanto admitem-se aqui ordinarices, desde que em doses não cavalares... E viva a Liberdade de Expressão! hahaha