Um Café com a violência urbana

6 Comments


No Mindelo um bando consegue assaltar uma caixa multibanco na principal praça da cidade, entrando pelo local onde funcionava a bilheteira do antigo cine-teatro Éden Park, furando parede e dando conta do recado, em plena febre de Sábado à noite. Na cidade da Praia, uma nova onde de assaltos com um novo modus operandis parece querer assustar a capital do arquipélago, e esta consiste na entrada de rompante de um bando de assaltantes encapuçados em restaurantes, na hora de maior movimento, levando tudo o que estiver à frente, como uma onda que vai e vem e nos deita no chão sem darmos conta do que se terá passado. Um certo tipo de violência que ainda desconhecíamos parece querer entrar no país e tudo isto é muito preocupante.  




You may also like

6 comentários:

Anónimo disse...

Dê-se-lhes o pão e, depois, o pau. Forte e feio...!

a) RB, anónimo por obrigação

Amílcar Tavares disse...

Táctica muito em voga nas terras lusas...

Sintomas do mal-estar social. Sem emprego e sem perspectivas, as pessoas viram-se para onde?

Elsie disse...

Consequências de uma lei que foi feita para bandidos.

zito azevedo disse...

Por falar em táticas vem-me à memória que sempre que a nossa equipa perde a culpa é, sempre, do árbitro!
Conhecer as causas e os efeitos não absolve ninguém dos defeitos,
muito menos os poderes a quem compete combater as causas, mais do que punir os efeitos!
Zito Azevedo

Carlos disse...

Isso não deixa de ser o verdadeiro reflexo da nova sociedade que todos estamos a construir. Por vezes o desenvolvimento e a modernização, trás consigo esses males. Há que repensar muita coisa e traçar novas metas.

João Branco disse...

Acabou de ser noticiado pela Inforpress a prisão, pela Judiciária, dos suspeitos do assalto à caixa 24. Menos mau.