Um Café Curto

8 Comments



Isto vai, mas a conta gotas. Quem sabe daqui a uns 10 anos a CV Multimédia nos vai permitir fazer o que é hoje comum na maioria dos países evoluídos em novas tecnologias. A partir de hoje a Internet está mais barata em Cabo Verde. 

Mais barata? Não me façam rir. 

Reformulando:

A partir de hoje a Internet está um pouco menos estupidamente cara em Cabo Verde.

Se tiverem naquele segmento 128/256, passam a pagar 2.645$00 com direito a 1000 megas, ou seja, tendo em conta como são feitas os sítios web hoje, deve dar para meia dúzia de dias, mas sem vídeos, sons, downloads, conversas audio no msn ou qualquer outra actividade considerada normal hoje. Passados esses dias, pimba, passam a pagar 5$75 por cada mega adicional. Ou melhor, 5 contos mais por cada giga adicional. Nada mau. Os clientes 128/512 pagam 4.025$00 para 3.000 megas e 3.500$00 para cada giga adicional.

Descer os preços, sempre vão descendo, mas a passo de tartaruga. Mesmo sabendo que é preciso proteger a imagem da referida espécie, querida e protegida em Cabo Verde, ou mudamos o ritmo da coisa ou o sonho de José Maria Neves de se generalizar o acesso à Internet não vai acontecer nas próximas gerações.



You may also like

8 comentários:

Anónimo disse...

Pago $42/mes a velocidade de 8000 kbps, trafego ilimitado.Ainda assim muito longe da concorrencia que anda a oferecer 32000 kbps (fiber optic cable) .

João Branco disse...

Vives noutro planeta?

Anónimo disse...

Com provedores de servicos como a electra e a telecom... quem precisa de inimigos?

Tey

João Branco disse...

Precisamos é de uma sociedade civil mais activa, isso sim!

Salim disse...

JB, como é que está (ficou?) a CVWifi?

Caboverdiano disse...

JB, podia dizer que:

Com esta blogo-sociedade activa podemos até contagiar o "povo"

Mas, infelizmente, isso tb em CV é para quem pode. Digo isso sem pretensoes... ex. no trabalho ou a muito custo, em casa.

João Branco disse...

Salim, acho que as expectativas não foram alcançadas. O serviço, pelo que me tem relatado alguns clientes - que inclusivé já decidiram submeter-se aos ditames da CV Multimédia - tem deixado muito a desejar. Porquê, não sei, mas problemas com equipamentos, talvez.

Arsénio disse...

E ainda essa notícia vem nas primeiras páginas dos jornais.

Só espero que Cabo Verde do futuro (sociedade de informação) não esteja na somente na miragem.