Café suspirando por um Cinema

18 Comments




Nicole Kidman e Hugh Jackman em "Austrália" de Baz Luhrmann



Eu quero um cinema no Mindelo!




You may also like

18 comentários:

Anónimo disse...

Queres tu e queremos todos. Toca a arregaçar as mangas, alguém tem que bater as mãos na mesa.

Anónimo disse...

...já agora, aqueles nacos de perdição no "Menos di nos" são da Carmen Elektra? Se sim...bem pensado. lol

João Branco disse...

Anónimo, sim. A única Electra digna de admiração... hehehe

Anónimo disse...

Um cinema, sim, mas também uma distribuidora que faça chegar ao Mindelo a cinematografia de qualidade.

a) RB, anónimo por obrigação

João Branco disse...

Com certeza. Mas pelo gostinho de experimentar de novo o escurinho do cinema e o ruído da mancarra, confesso que não estou muito exigente a esse nível...

Almiro disse...

João, aqui na Praia vai passar esta semana "O corpo da mentira" com di Caprio e R. Crowe....se calhar foi a pensar no Partido da Cidadania, eh eh...

bom ano a todos

b disse...

É LINDO, o filme, lindo, lindo lindo. Já vi...;-)

João Branco disse...

Que inveja!

Anónimo disse...

Australia é bom...para aquilo que quer ser, um sucesso de bilheteiras, tem os ingredientes todos...

João Branco disse...

Anónimo, mas olha que pelas notícias não tem sido um êxito de bilheteira, antes pelo contrário, é um dos "flops" do ano...

Anónimo disse...

Se é um "flop", porquê a publicidade aqui?

moreia

João Branco disse...

Moreia, essa é fácil de responder: porque eu não meço a minha vontade de ver filmes pela quantidade de dinheiro conseguido em bilheteira. Aliás, os filmes mais interessantes da história do cinema, são muitas vezes também fracassos no circuito comercial. Abraço!

Anónimo disse...

Desta ultima resposta estou de acordo. Mas sempre a publicidade vai de par. Um filme com toda a maquina publicitaria atrás e de Hollywood, seria muito pouco provavel que seja um "film d'auteur"...

moreia

João Branco disse...

Moreia, está enganada. O realizador Baz Luhrmann tem precisamente essas características. Por isso realiza tão pouco. Em cerca de 15 anos fez três filmes, "Romeu e Julieta", "Molin Rouge" e agora este "Austrália".

Anónimo disse...

Fica esperando o cinema no Mindelo para poderes dar uma opinião mais concreta. ;o)

Um abraço democrático.

moreia

João Branco disse...

Que maldade! Além de que eu estava falando dos dois filmes anteriores, que por acaso até vi, e adorei! Ambos!

Neu Lopes disse...

Cinema na soncente, Urgente!
Só concordarei com os 7$00 a mais em cada litro de combustível se a CMSV e o governo acharem uma solução urgente para um novo cinema em S. Vicente.

João Branco disse...

Uma coisa é uma coisa, outra coisa é outra coisa...