Perguntas Cafeanas

9 Comments



Não devíamos já ter passado esta fase infantil de
"o meu feriado é melhor que o teu"?


À melhor resposta, ofereço um café



You may also like

9 comentários:

Anónimo disse...

Hum, JB, que raio de pergunta, hem?

Ok. E que tal:

Não. Essa fase só deve ser ultrapassada quando tivermos maturidade para considerarmos que "a galinha da vizinha é sempre melhor que a minha".

a) RB, anónimo por obrigação

João Branco disse...

A discussão dos últimos dias sobre o 5 de Julho e o 13 de Janeiro, que é cíclica em cada ano que passa, justifica esta pergunta, em forma de "desabafo".

José Eduardo Fonseca Soares disse...

Antes de mais, JB, não há feriados meus nem teus! E no caso concreto: 5 de Julho e 13 de Janeiro são ('feriados') datas históricas marcantes na existência deste povo, como Nação. E devo acrescentar que - embora ainda não tenhamos chegado lá... - este ano começámos a sentir uma ténue evolução no bom sentido em relação a esses 'feriados'. Não?

Anónimo disse...

Se bem que tenha tido conhecimento dessa "dissenção", a verdade é que na altura não atingi o alcance da pergunta.

Comentário: deixem-se de coisas fúteis! Cabo Verde tem assuntos muito mais graves que deveriam merecer a vossa atenção!

a) RB, anónimo por obrigação

João Branco disse...

Fonseca, estás a comentar como se andasse eu aqui a reivindicar o "meu" ou o "teu". A frase está em aspas, men. É impressão minha ou hoje tu acordaste assim, meio ao revés? hehehe

Evolução? Qual evolução? Sentiste realmente isso? Olha que não. O nosso PM foi festejar o dia da Democracia com os cubanos (não deixa de ser irónico); a Oposição insiste em confundir as coisas, e quer tornar a palavra "Liberdade" sinónima de "Democracia", isto é, em forma de Lei e tudo. E tu achas que houve evolução? Não concordo, meu caro. De todo. Abraço!

José Eduardo Fonseca Soares disse...

Isso do PM passar o 13 de Janeiro em missão de trabalho fora do país, não tem nada a ver com o cerne da questão. Tem a ver, sim, o facto dele e outros do seu PAI, e tb certos da oposição terem falado, conferenciado, argumentado mais no sentido de que tanto uma como outra data serem parte integrante da História de CV, e não do PAI ou do MpD... Outra coisa, essa de 'Liberdade e Democracia' já foi no âmbito das lutas e querelas partidárias de sempre. Aí já será do ambito do debate de opiniões. E Liberdade e Democracia têm muuuuuuito de intersecção meu caro... "Meu/Teu"... utilisei com o mesmo sentido desta pergunta cafeana! Pô! Quer dizer, se discordo ou critico é pq acordei mal? Tchá d'abuze!

João Branco disse...

Moss, bo kordá prope mal! hahahaha Anda tudo a "marcar" terreno à volta destas questões. Só não vê quem quer...

Manu Moreno disse...

Ups...bu acerta em cheiu na passarinhu...boa!!!

....FERIADU:
É nu ser vizitadu
É tem + tempu pa um amigu
É fazi bu rapacinhu
Sonu dipós d´almoçu

É da um saltu
Ti campu jogu
É disliga di pobreza
É abraça morabeza

É da um abço eternu
È da um bju enamoradu
É skeci di trabadjo
É uniom di sentimentu
Pa tudu vizinhu

...Feriadu:
É ka ser midjor
É ka dezeja o pior
É fetu pa tudu trabadjador
Tem um discansu merecidu

É recebi vizita
Di um barlaventino(a)
É bai vizita
Um(a) sotaventino(a)
É tem/recebi graça
Di nós Nossa Senhora!

Kel abçom di coraçom
ManuMoreno

João Branco disse...

Muito bem, poeta!