Isto é o que fazem de nós

3 Comments

          Isto!
E perguntam-nos:
          - sois homens?
Respondemos:
          - animais de capoeira.
Dizem-nos:
          - bom dia.
Pensamos:
          lá fora...
Isto é que fazem de nós
quando nos inquirem:
          - estais vivos?
E em nós
as galinhas respondem:
          - dormimos.


Arménio Vieira


You may also like

3 comentários:

José Eduardo Fonseca Soares disse...

A 'bestialidade' dos Homens... bem patente neste 'grito quase silencioso' do AVieira... E o que fazemos nós... os infinitos outros?

Anónimo disse...

Que comentário para este belíssimo poema?

Talvez esta reflexão de Fernando Pessoa:

“Tudo quanto fazemos, na arte ou na vida, é a cópia imperfeita do que pensamos em fazer. Desdiz não só da perfeição externa, senão da perfeição interna; falha não só à regra do que deveria ser, senão à regra do que julgávamos que poderia ser. Somos ocos não só por dentro, senão também por fora, párias da antecipação e da promessa.”

a) RB, anónimo por obrigação

João Branco disse...

Arménio Vieira, um dos grandes poetas vivos que temos actualmente. Digo eu.