Moeda Cafeana

15 Comments



Sem grandes introduções, cá vai:

Cara (em campanha): "comprometo-me a encerrar Guantánamo durante os primeiros cem dias do seu mandato."

Coroa (eleito, a uma semana de tomar posse): "É mais difícil do que a maioria das pessoas possa pensar [encerrar Guantánamo]. Creio que vai demorar um certo tempo e as nossas equipas de juristas estão a trabalhar com os responsáveis da segurança nacional, neste preciso momento, para saber exactamente o que temos de fazer."


Comentário Cafeano: resta-me continuar a esperar que as razões que me fizeram rejubilar com a vitória de Barack Obama no final do ano passado, se possam verificar e que daqui a 4 anos o mundo seja, efectivamente, um lugar melhor para se viver. Tendo em conta que a cerimónia de tomada de posse acontecerá já no dia 20 de Janeiro sob o lema “Um Novo Nascimento da Liberdade”, evocando os 200 anos do nascimento de Abraham Lincoln, o presidente que aboliu a escravatura, há todas as razões para mantermos a esperança. E desejar que esse novo nascimento da Liberdade, possa vir para todos. Como os palestinianos, por exemplo. E mais não digo.




You may also like

15 comentários:

Anónimo disse...

As pessoas têm esta mania de "deitar foguetes antes da festa começar"... depois desiludem-se!!! Espero que não seja o caso, desta vez.

Anónimo disse...

E não vale a pena: é mesmo assim!

a) RB, anónimo por obrigação

João Branco disse...

Pois! :)

Arsénio disse...

Se as críticas ao Obama já estão como estão, então como será quando tomar posse.
Digo e repito, vamos deixar o homem tomar posse e portanto, deêm ao homem um relax. E não me venhas com essa de dizer que estarei a ser ingénuo.

João, aqui vai uma observação (crítica?): quase todos os últimos textos, aparece nas inter-linhas, como quem não quer nada, uma alfinetada ao Obama por este problema da Faixa de Gaza.
Não que seja a favor daquele problema(ão) que já dura desde existência de Jesus Cristo, mas convenhamos, o Obama não vai fazer dos EUA como se fosse a casa dele, provavelmente a mandar e desmandar, até porque em casa, quem manda mesmo são as esposas (apesar dos homens pensarem o contrário).

É bom que lembre dos Zimbabués, dos Congos, das Guinés, dessa África toda, que quando pensamos que vai para a frente, aparece algo a mostrar ao contrário.

João Branco disse...

Arsénio, em tempo de campanha também praticamente todos os dias aqui no Margoso, regozijava, rezava, desejava e festejava a eleição do Obama.

Não minimizes a extrema importância que um Presidente da américa pode ter no mundo. O planeta terra ficou um lugar muito mais perigoso de se viver por causa do legado de Bush., O meu desejo e a minha esperança é que aconteça o contrário com Obama.

Abraço

Anónimo disse...

Espero sinceramente que o sistema Echelon faça com que Barack Obama leia este blog para que as "alfinetadas" lhe sirvam de alerta, mas também de alento.

a) RB, anónimo por obrigação

Ariane Morais-Abreu disse...

Porque tantas interrogaçoes sobre o que podera fazer Obama, sabendo que as respostas ja estao ditas e escritas... A ver, veremos!

José Eduardo Fonseca Soares disse...

Relativisar! Tanto no júbilo pela eleição de Obama, como nas críticas quando ele ainda nem é o Presidente! Espero que o mundo fique um pouco mais justo e seguro para todos. Mas não espero que Obama venha a ser, na prática, mais do que um bom Presidente dos USA.
Tchá

Anónimo disse...

Porque não sei se o meu último comentário "entrou", aí vai a repetição:

Espero que o sistema Echelon detecte este blog e faça com que Obama o leia, para que as "alfinetadas" que tem levado lhe sirvam não só como alerta, mas também como alento!

a) RB, anónimo por obrigação

João Branco disse...

RB, o Obama a ler o Café Margoso? era bom, era! hahaha

Ariane, não sou assim tão pessimista. Ainda.

Tchá, idem.

Ariane Morais-Abreu disse...

Nao se trata de pessimismo mas de prudência e prevençao. Gostaria realmente que Obama seja o que a grande maioria sonha que sera...

João Branco disse...

Bem, acho que o mundo inteiro sonha com isso...

Anónimo disse...

Obama! avec le temps...

E esta de os Judeus revendicar que a terra foi-lhes dada pelo Pai Abraão. Isso foi há tres mil anos. Que tal os Italianos começarem a revendicar Espanha ou Portugal( é um exemplo)por terem sido do império Romano?...( Atenção que não sou anti semita pois Figueira e de horigem judaica. Tchale Figueira.

Anónimo disse...

Se escreverem: Obama, Bomba e 20 de Janeiro, o Echelon detecta na boa. Ops!!!!

João Branco disse...

Tchalé, shiuuu fala baixo...

Anónimo, shiuuu fala (ainda) mais baixo...