Constatação Margosa

12 Comments



Quem olha para os recentes acontecimentos em locais como a Georgia, o Zimbabwe e agora a Faixa de Gaza facilmente chega a esta conclusão: essa entidade misteriosa, hipócrita e mentirosa chamada Comunidade Internacional é um cão que ladra mas não morde.

A única forma deste bicho cobarde reagir verdadeiramente, é quando o seu influente e único dono, um tipo chamado Estados Unidos da América, estiver a ser, ele próprio, mordido nos calcanhares. Obama continua calado e percebe-se bem o timing desta evasão. Diz-se que a partir de 20 de Janeiro tudo será diferente mas pergunto: se houvesse hoje uma reedição do 11 de Setembro, teríamos o futuro Presidente mudo e quedo? Nem pensar! Nesse dia, como naquele outro eleven, a Comunidade Internacional reunir-se-ia de urgência, e trataria de invadir, sem apelo nem agravo, e no tempo record de algumas horas, esse grande violador dos direitos humanos. Hipócritas.

Imagem: 20 minutos




You may also like

12 comentários:

Álvaro Ludgero Andrade disse...

É meu caro João, essa hipócrita coisa chamada Comunidade Internacional só olha para o seu próprio umbigo, aliás como todo o homem. O que se vê na faixa de Gaza agora é um exemplo, no entanto, os mesmos defensores dos direitos humanos se esquecem que Cisjordânia e Gaza são territórios israelitas (é só ver o mapa 200 anos atrás) e que estes são bombardeados diariamente. É tão hipócrita que só olha para os dois lados quando quer. Assim como vive da exploração dos escravos chineses (ninguém se lembra que a pior ditadura do mundo é Made in China)e da exploração do petróleo no mundo árabe. E o pior é que nenhum eleven irá mudar o mundo.

Anónimo disse...

Caro João: Quando o nosso amigo comum Abrão Vicente quis me perguntar na Tv a minha opinião sobre Obama eu respondi que não valia a pena pois meu sonho americano morrera quando eu tinha 17 anos. Foi a minha consciencia contra a guerra do Vietname.

O Império Americano continuará, com Obama branco, preto, wasp, latino ( indios forom dizimados) a ser o mesmo hipocrita. E, quanto as Naçoes unidas e estas merdas internacionais é tudo treta. Pela minha experiencia acredito cada vez mais que o filosofo Bernard Levi tem razão quando diz: O HOMEM É UMA ESPÉCIE FALHADA. Tchale Figueira.

Anónimo disse...

Desculpa lá mas acho que há pessoas que andam a confundir Nações Unidas com Estados Unidos. Também não é de estranhar quando praticamente é este mesmo país que sustenta a UN. Se os membros da Nações Unidas , muitas vezes não entendem-se em casos que afecta o mundo inteiro, como por exemplo desenvolvimento de armas nucleares, depois de terem assinado o tratado da não proliferação da mesma, prova disso são os sucessivos vetos de países que não querem arriscar o quinhão investido, então imagina casos em que o problema "apenas" afecta uma pequena região ou país, ainda por cima sem poder ou recursos económico. O engraçado é que muitos dos problemas em África foram originados por europeus, mas quase ninguém aponta o dedo a europa. Já agora se estivesse no lugar do Obama o que faria nesses casos que apontou?

Anónimo disse...

Concordo, subscrevo e acrescento:

É por estas e por outras que, às vezes, tenho vergonha de ser um português obrigatoriamente europeizado!

a) RB anónimo por obrigação

João Branco disse...

Álvaro, as guerras não são a preto e branco. Aliás, o vernmelho é a cor dominante, para os dois lados.

Tchalé, qual a melhor forma de combater isso? A arte? A poesia? O anarco-terrorismo?

Anónimo, a tal comunidade internacional de que se fala tem como principal componente essa Europa cobarde que anda sempre a reboque dos EUA. Dito isto, está tudo dito.

RB, é a moderna ditaduta das fronteiras...

lumadian disse...

Falar mal dos Estados unidos da América é sempre o caminho mais fácil, falar de Obama como se ele fosse um super-homem que vai resolver todos os problemas do mundo é outra generalidade. Quem dera aos americanos que ele resolva os problemas internos da América, quanto mais os problemas dos outros.
Quanto a Israel e Palestina, sinceramente só tenho pena das crianças. Porque se de um ado está um povo de memória curta, vingativo e que julga ser superior, do outro estão verdadeiros assassinos sem escrúpulos como os Hamas.
Temos aqui 2 povos diferentes, 2 religiões diferentes e que jamais se entenderão.
O meu apelo no meio destas guerras ESTÚPIDAS que o mundo inventa, é para as crianças que sofrem, que morrem, na maioria das vezes em nome de um Deus que nunca chegarão a conhecer e nunca chegarão a saber que não passa tudo de uma farsa. A maior farsa da história universal, que tanto sangue já derramou e tanto dinheiro já lucrou. Pior que os E.U.A. é mesmo a igreja, essa sim, causadora de tanta miséria e morte no mundo. E mais não digo.

Anónimo disse...

..."obrigaram" ,com a bela desculpa da democracia levar eleiçoes livres à Palestina (futuramente um arquipelago ,sô que sem mar,culpa de israel que cada dia ganha pedaços da dita terra sagrada); tiveram a tal eleiçao, sô que ganhou o hamas, que não é reconhecido internacionalmente,como legitimo "governo", porque não são tão doceis como OLP, logo são terroristas, convém lembrar que israel tinha ha uns anos atràs piscado o olho ao hamas quando estes não tinham a força popular que têm agora,e que lutavam contra o fattah... o silêncio de obama,da comunidade internacional não me chocam,estava à espera! a velha historia do terrorismo serve de desculpa, assim como as armas de destruição massiva serviu pro iraque, o hamas(e os seus misseis de longo alcançe que so servem pra matar velhinas do coração) servirâ de desculpa num primeiro tempo pra israel invadir a faixa de gaza, e depois pros estados unidos numa terceira fase invandir o Irão ( ja està decidido)... poderia responder ao "anonimo" dizendo que o Obama poderia simplesmente condenar a invasão e o genocidio(assasinato,homicidio premeditado ou outra coisa) que israel vem cometendo por exemplo ,sem ir muito longe,desde do bloqueio a faixa de gaza e corte de todo tipo de abastecimento as populações) , ai sim eu ficaria espantado e diria que o obama surprendeu-me ( o que não o caso até agora, e o silêncio confirma-o)...

Hiena

João Branco disse...

Lumadian, quando os EUA querem, conseguem. Exemplos são vários... Ao Obama, bastava falar e condenar os ataques para marcar a diferença.

Hiena, nem mais.

Arsénio disse...

Deixem o Obama em paz por enquanto.
Deixem que ele tome posse primeiro e depois começem a bombardeá-lo.
Ele não vai dizer nada, enquanto não tomar posse. E faz bem.

Já disse e repito: o Obama foi eleito pelos americanos para ser presidente dos EUA.
Esperemos que ele arranje tempo para olhar ao mundo.

João Branco disse...

Arsénio, não sejas ingénuo, rapaz...

lumadian disse...

Obama é um homem como nós, de carne e osso, com mulher, com filhos, com problemas e com ideias, tal como qualquer um de nós. Que pode ele dizer ou fazer se nem sequer tomou posse? Disse que está atento. Atento estamos todos nós. Que pode mais ele fazer? O mundo em geral pensa que os jovens americanos estão ali à nossa disposição para que morram a salvar os problemas do mundo?
Qualquer dia vou pedir aos E.U.A. que invadam o meu Portugal para que "limpem" os governantes a tempo de salvar o pais.

João Branco disse...

Que pode ele mais fazer? Oh Lumadian, não sejas anjinho, pá! E tu julgas que se houvesse petróleo em Portugal não colocariam essa possibilidade. Aliás, esteve próxima de acontecer no pós-25 de Abril, quando o medo que se instituísse um regime comunista em Portugal foi grande para aquelas bandas e vivíamos em plena guerra fria.