Café Cinematográfico

17 Comments

Há dois aspectos que sempre me fascinaram no cinema, e que são de alguma forma negligenciáveis pela grande maioria dos consumidores de cinema: os cartazes e os genéricos dos filmes. Muitos dos cartazes são autênticas obras de arte e alguns dos genéricos valem mais do que o resto do filme inteiro. Estou a lembrar-me, por exemplo, do genérico do filme de Spilberg, "Apanha-me se Puderes", genial em todos os sentidos.

Nio que diz respeito aos cartazes, aqui fica a mostra alguns dos considerados os melhores de 2008, e cuja selecção completa pode ser apreciada no blogue Obvious.









Na falta de filmes sempre podemos nos entreter com estas belas imagens. E que 2009 seja o ano do reaparecimento de um cinema na cidade do Mindelo.


You may also like

17 comentários:

Mário Vaz Almeida disse...

No primordios do espectáculo cinematográfico esses cartazes eram desenhados á mão, João. Uma verdadeira arte popular fazendo parte da ilustração artística para as ruas. Cool!
Quem já não lhe aconteceu ser atraído por um belíssimo cartaz e depois passar o tempo todo do filme a dormir?
Ter DVD em casa e tecnologia avançada não substitui essa sensação de descoberta que vai do visionamento do cartaz á compra dos bilhetes e o apagar das luzes.
Náaa....nada substitui uma ida ao cinema com pipocas...é cultura ...
não é coisa que se deite fora...

João Branco disse...

Sei disso Mário. Mas permite-me que discorde RADICALMENTE do último parágrafo. Odeio o cinema-de-pipocas. O cheiro e o barulho de ruminante. Não há nada, nada mesmo, que substitua o barulho da MANCARRA que se ouvia, imperetivelmente, nos primeiros 15 minutos de filme no Eden Park. Ah SODADE! Pipoca, não! Mancarra, sim! Assunto a referendo, já! hehehe

Bom ano, cinéfilo!

Margarida Conde disse...

Olá João;

Antes de mais, desejo te um Ano de 2009 cheio de sucesso, conquistas e alegrias e que o teu blog continue a primar pelo rigor, criatividade e irreverência a que nos já habitou.

Tive oportunidade agora em Lisboa, nas minhas mini ferias de Natal, de ver o Ensaio sobre a Cegueira.

O filme está muito mas muito forte e é daqueles que quando saimos da sala ficamos alguns dias a pensar nele.

Agora nada como um bom balde de pipocas para ajudar a ultrapassar os momentos mais intensos da película. Cinema sem pipocas não é cinema!!!! :)

Mas concordo contigo que o barulho é irritante, deveria se criar umas pipocas silenciosas...

Um abraço

João Branco disse...

Ah Margarida, dizes isso porque nunca experimentaste o sabor e o ruído da mancarra a ser descascada... aí sim, verias o que é um barulho digno do escurinho do cinema! Quanto ao filme que viste, INVEJA! Quando aos votos, para ti também, um feliz 2009. Abraço fraterno!

lamanary disse...

bem visto João. lembrou-me deste post http://sopafla.blogspot.com/2006/10/opening-credits-from-film-kiss-kiss.html onde mencionei a abertura do catch me if you can.

já agora, soplafla foi reactivado.

João Branco disse...

Sei disso. Já lá deixei um bem-haja e quarta-feira farei referencia no Blogómetro aqui do Margoso. Abraço!

Anónimo disse...

bons tempos aqueles comer pipocas feita quase na hora ir pro cinema no sal e tudo mais, mas agora muff é faze download de filmes na net, faze bo pipocas de micro ondas na casa e oia filme na pc ou portatil... mas as vezes ainda tem filme q ta levam pa cinema, alguns mim ta oias na casa 1º e depois cinema e outros ao contrario....
ali um site interessant pa quem ca te acesso a cinema e tem net sem limites de download: www.mininova.org

quem tem paciencia spia 1 film q tenha legendas, mim jam ta cool na ingles mim ta oias sem legenda. ot dica é procura ques q tem na nome de ficheiros R5 ou dvdrip ou TS, significa qualidade de imagem e audio...

asta


www.djadsal.org

João Branco disse...

Download de filmes, na CV? Grinhassim, ka ta dá, prope.

Anónimo disse...

hahahahahah quando da ja bo sabe onde ba bscas... mandam 1 caixa de CD um ta mandob uns X


:D


www.djadsal.org

jandir disse...

qual link de quel blog la q jam uvi fala na el, em alguns blogs e pesquisal na net e mimc a encontra nada ... help

João Branco disse...

Agradeço, mas recuso-mo a ver cinema "pirata"... só na TVEC:..

Jandir, esse un ka sabê!

Neu Lopes disse...

www.piratatuga.net
Anyway, é uma parvoíce. Além disso, o cinema sempre vai estar à frente. Basta informarmo-nos da tecnologia de ponta em que o cinema se transformou. Quero um cinema no Mindelo para este ano!

E MAI NADA!!!!!

Anónimo disse...

ja busis po-me ta pensa razau purke n studa Cinema y Televisau.

Nha pai foi un dakes e ke faze sinema Tuta- Miramar u ke-l foi para alen da familia Melo. Tuta era padrin de nha pai y melhor amige de nha avo.

Nha pai Gui de Tuta sima el feka kunxide ate dia de oje, apezar de ter ja kuaze 47 one na Olanda, e ke tava ba tude dia plamanha kond el tinha 12 one pa pedrera ta guia un kamiau pa ba peska pedra pa pudia serka kel kintal ke ben vra mas tarde Sinema Miramar kunxid pa sinema de Tuta. Txeu mnine de Olte de Miramar tava ba isda karrega pedra pa de note ter asese gratis na kes film ke Tuta tava inporta de Merka.

Mi pur ben dizer ke N kria dentre ou a roda de sinema
mode nha pai er operador de sinema ate kond el imigra pa Olanda na 62. Se irmon nha tio Fefa ben tema se lugar ate kond el foi inviode pa Praia onde kel foi operador y teknike de manutensau dakel sinema na Plato pa mas du ki 30 one ta ganha somente ou escassos 12 konte. Alfredo Conrado Ramos nha tio Fefa ben morre dentre de sinema. El feka kunxide na Praia kome Fefa de sinema.

Foi sinema ke inspira-me depos pa estuda sinema y Tv y spesializa na area de Dokumentare y jornalisme de funde. E um pena ke aoje en dia ja ka ta izisti mas un sala pa izibi un filme. Nada ke ma un filme oiode nun sinema. Y foi sinema e ke ajuda txeu imigrante a ter un pustura mei cowboy aprendend ingles y etika de vive li fora, ser kel pujilista desporte e ka tava da abuze enfin.

E un grande skola ke no perde na nos terra. Manel Figeira, pintor, pur izemple tava ten nha pai pertode dakes pedasin de filme seluloid ke era sensurode pa puder kolonial ou kes pedasin ke tava kema. el tava kolesiunas. Agora n ka sabe se nha pai tava da-l es o se era ses negose?

Sinema pa min tava komesa ke un delire na frente de kartas pa oia se kes imajen era apetesivel y kuale ator e ke tava ta trabaia na filme pasond pa botxada na porta de sinema pa konpra bilhete, kel txer de mankarra torrode, barulhe de papel de drops ta ser dzinbruiode, kel boka de un spetador imusuinode ou trosente durante fime y el tava kaba na kaza ainda imusiunod pa kel iluzau dakel storia ta rekonta kes parte mas intresant e ke fazebe inpacte y loge ta projeta oia kel filme mas un ves pa pode kaba de konprende-l. Min N tava pode entra de grasa.

Sima es ta dze... velhos tempos...

Kem kre pa no kria un nova sala de sinema y tiatre na Sonsent? N ta na sere? Dzafiu lansode!!!

Guy Ramos
guyramos@hotmail.com

João Branco disse...

Guy, ranjá un investidor lá n'olanda, moss! Vamos nessa!

Anónimo disse...

Ranja un konsepte N ta da ke unha nha gele de Olanda. Li ta ke Un friu de...
Ten denher y Kabe Verde ten un protokole kultural sinode na fevrer de 2003 ma Olanda ke nunka funsiuna. Li ten uns barril de euro's ta spera ja disde des epuka un prujet kultural konkret e ke ta dzinvolve arte y kultura, emprege y interkanbie kultural artiste ma Olanda y formasau na arte y kultura.

No tita presiza de un spase multi-dissiplinar na KV e ke ta abrasa tude ise. Desde de peskiza, formasau a espetakle de sima de palke. kada euro ke no ranja a nivel privode es ta po mas un euro de guverne y nau so. No fala!

Guy

João Branco disse...

Guy, bem rápido. No tem mut ke bem falá, moss!

jandir disse...

e qui tal um mindelact na holanda ?
na pascoa assim pam ba oia tb...

pa quando um peça bossa na portugal ot vez joao?????

pa quando um mindelact fora de sao vicente, mas au mesmo tempo ? na sao vicent e na ot ilha em simultaneo ?