Cafeína

5 Comments



O Terrível Fardo de ser um Anónimo

"Leio tudo. Devoro tudo o que está escrito nos tais blogs de Cabo Verde. Sou um devorador de blogs. Tenho várias máscaras, pseudónimos e nomes. Sou amigo de todos e de ninguém. Estou e não estou. Sou e não sou. Existo e sou um fantasma. Estou por perto e tenha uma visão global de ti e de todos os que te rodeiam. Estou em todos os lados. Sou Omnipresente, Omniconsciente. Sei todos os teus passos. Sei de todos as tuas fraquezas. Sei os teus fortes. Sei como pensas. Sei como devias pensar. Sei onde estás e onde não vais. Sei onde queres chegar e onde não alcanças. Sou o anónimo. Sou todos os anónimos num só. Estou por dentro. Sou aquele te mete medo. Que te faz pensar. Que te faz dar justificações pensadas num sábado de manhã quando devias estar com a família a curtir a vida que é curta."


Comentário publicado no Bianda




You may also like

5 comentários:

Anónimo disse...

http://copportal1.man.poznan.pl/Archive.aspx?EventID=38&Lang=floor


Cliquem ao lado em jorge tonetino

Anónimo disse...

http://www.pixelistes.com/forum/bombedj-la-mort-de-la-foret-a-boavista-aux-iles-du-cap-vert-vt31582.html

Fotos de um dos maiores fotografos ambientais Frances

Teatrakacia disse...

É tentar tirar o melhor proveito possível, e ilações e lições dos anónimos que, não há dúvida, tanbém têm 'pesos' e 'dores' e 'preocupações' num autêntico fardo...
Angulos diferentes de visão sobre os mesmos problemas e preocupações da terra.

João Branco disse...

É sim, Tchá, quando a intenção é essa mesma: comunicar e partilhar conhecimento. Quando não é... enfim, mais vale estarem quietos!

Anónimo disse...

obrigada anonimo ... vi as fotos sao uma tristeza