Cafeína

3 Comments


"Radicalizando a coisa digo: hoje parece-me mais o aniversário da declaração dos direitos dos dominantes e quanto aos supostos violadores e movimento tughétnico, forno."

Redy Wilson Lima in Ku Frontalidade


Imagem: mural dedicado aos direitos humanos em Saint-Josse-ten-Noode (Bélgica)




You may also like

3 comentários:

Teatrakacia disse...

Passei pelo blog do red esta manhã, e infelizmente tenho que concordar com ele não obstante o meu habitual optimismo e esperança nos Homens. Lendo, ainda ontem, a Declaração Universal dos Direitos Humanos... apetecia rir da hipócrisia dos estados todos que dizem ter ratificado o diploma... práticamente nada, dos itens todos, tem sido tomado a sério... Ou então a redacção foi aprovada ontem... e a partir de hoje vamos começar a criar as condições para pôr essas excelentes intenções em prática...

Anónimo disse...

Anda meio mundo a lixar meio mundo.
Uns preocupados com o Vital, o homem até que é caso raro, outros a enaltecer o NOSI, quando desconhecem a verdadeira sociedade da informação fora das quatro paredes climatizadas, outros andam a correr maratonas e outros preocupados com as acessibilidades aos seus blogues e ainda outros a matar a Morabeza, coitadinha que não tem culpa!

Todos intelectuais, cientistas e defensores da justiça, moral e bons costumes! Todos cheios de razão e todos fazem parte do mesmo circuluzinho comum de pseudo inconformados, justiceiros, mas no fundo são todos iguais, querem o mesmo. Brilhar. Uns anseiam serem eleitos Ministros da Cultura outros donos de um Deus maior que o poder de compra de cada um de nós.

Agora temos um herói chamado moeda e um criminoso chamado Morabeza.E o pobre que se f.......Senão é Thug, passa a ser.

João Branco disse...

Tchá,concordo!

Anónimo, que comentário mais azedo! Pensas realmente assim? Olha, eu quero é ser competente no que faço, mais nada. Quem não gostar, que não venha cá, não comente, e pronto. Ficamos todos mais felizes. Eu abri este espaço, vai agora fazer um ano, porque gosto de opinar, até demais, e muitas vezes sobre assuntos em que tenho pouca informação. Mas tenho aprendido muito também com isso e com as contribuições dos que por aqui tem passado.

Somos uns pseudo inconformados justiceiros que só quer brilhar? E tu, és o quê? Esclarece-me para ver se eu entendo?

Quanto ao resto, até penso que comentários bombistas como o teu são benvindos porque nos despertam para certas realidades. Aí tens toda a razão, anda meio mundo a lixar meio mundo!

Abraço!