Um Café Curto

15 Comments



Só para contrariar, acho um nojo o conjunto de fotografias que anda a circular pela Internet, com as caras dos supostos thugs, os jovens terroristas que, alegadamente, andam a espalhar o desacato e violência pela cidade da Praia, como se fosse a lista da CIA dos homens mais perigosos do mundo, só lhe faltando o valor da recompensa em caso de captura. Lembram-se de um célebre documento com os nomes dos poderosos envolvidos no negócio do tráfico, que circulou há tempos? É a mesma coisa: vale zero. Os julgamentos não são para serem feitos em praça pública, com milícias a espalhar cartazes de "procura-se, vivo ou morto". Ainda vivemos num Estado de Direito, onde para se ser condenado é preciso primeiro cometer efectivamente um crime, depois ser julgado e considerado culpado. Quem quer denunciar criminosos, que o faça no local próprio.




You may also like

15 comentários:

zito azevedo disse...

POR FAVOR. NÃO TRANSFORMEM UM ASSUNTO DA MAIOR IMPORTANCIA SOCIAL NUMA QUALQUER COBOIADA...

Anónimo disse...

Clássico: a violência gera a violência e, por isso, o vandalismo gratuito e a criminalidade incontrolada tendem a ocasionar fenómenos de "vindicta" privada (e já se ouvem, aqui e ali, os seus brados).

E não basta viver num (hipotético) Estado de Direito: é antes imperioso que este funcione e que os seus mecanismos preventivos e repressivos consigam garantir a segurança como pressuposto da concretização da liberdade individual dos seus cidadãos.

É hora de agir, e com firmeza, sob pena da derrocada dos valores que sustentam esse Estado a que se apela.

a) RB

Edson Medina disse...

Ok, it´s not a big deal...foi "só pra contrariar"
EM

Anónimo disse...

Caro João concordo, mas a grande pergunta é aonde está esse Estado de Direito neste preciso momento?

Djinho

Sarabudja disse...

E presta-se um jornal a isto de dar à população os cromos da caderneta dos piores bandidos da praça.... Claro que os bandidos andam atarefados na sua vida de serem terriveis e não perdem tempo em processarem o jornal.
Não é com este vinagre que se matam estas moscas.

Mic Dax (francês) disse...

Um abraço, nho Jom.

gatunix disse...

JB mim des vez ca ta concorda q bo...
nos criol no tem chateod tud ques comunicaçao social pa quando es ta fala de crimes pa po fotos de pessoas pa no pode liga nomes a cara e sabe quem é criminosos pa no relaciona amdjor ma pessoas. dai q des vez alguem "subtrai" ques foto de arquivo na pj ou pn e spalhas na net e es faze muito bem, imagina tud ques noticia q no tem lido sobre assaltos, e outros tipos de crimes e nunca no ta sabe quem perpetuas, assim é 1 forma de sabes , tud dum vez...

é ca expos na praça publica, e bo referi q é 1º comete 1 crime antes, oia q ques foto la foi trod dentro de esquadras dai q es comete algum tipo de crime sim, e acho q intençao ca era po foto online pa pessoas faze vingança ou encontras na rua e das porrada, apenas pa pessoas sabe quem é quem e liga nome a caras e a ses respectivo crime... no caso de bo oia 1 na rua, afasta del pk ou qualquer 1 é candidato a ser assaltod ou espancod etc...
oia q na brasil es ta po ses foto na telejornal ate das entrevista...

coisas normais ...
moda quel cena q passa na voz di povo, era cool se es tava po na net junt ma noticias fotos de "suspeitos" (ja q ainda es ca foi condenados) pa pessoas conches, acho q é 1 direito de tud cidadao, ACHO EU ...

Ariane Morais-Abreu disse...

Também devemos considerar, JB, o direito da imagem afim de preservar a privacidade desta. Cada cidadao tem o direito de aceitar ou nao que seja utilizada e/ou divulgada publicamente a sua imagem. Nao vale unicamente para as vedettas!! Num pais que se pretende democratico e onde pululam juristas, advogados e especialistas dos direitos humanos, acho estranho ninguém ter apontado antes e denunciado esta utilizaçao abusiva dos fichiers da policia!!! Até mesmo os serviços de policia deveriam fazer inquérito para saber como apareceram essas fotografias no internet e agir. Em materia de banditagem e sacanagem, que param de sempre acusar os mais fracos na sociedade cv, e de condenar sempre os que recebem todas frustraçoes e preconceitos (xenofobicos) na cara porque sao emigrantes/imigrantes, estrangeiro em terra propria. A justiça nem sempre pode corrigir as injustiças da vida...

HF disse...

JB, eu até concordo contigo no plano teórico dos principios, sobre o Estado de Direito Democrático, em que a Justiça deve ser a válvula de segurança dos direitos e liberdades dos cidadãos.

Mas baixemos à realidade da tapadinha crioula e veja-se o que acontece normalmente. Temos as donas morosidade, desleixo, deixa andar e a prescrição, que gostam de atrapalhar o trânsito, constantemente. Perantes estas forças de bloqueio o que o cidadão poderá fazer para garantir efectivamente os seus direitos?

Pois, pois, fica dificil, né?

HF

JB disse...

Ok pessoal, os bandidos devem aparecer na televisão, dar entrevistas, serem denunciados, etc e tal. Mas QUEM é que decide quem é bandido e quem não é? Quem escolheu e seleccionou as fotografias que estão por aí a circular? Com que critérios? Com base em quais informações? Essa é que é essa...

HF disse...

JB, se conhecesses a "frigideira" na ASA, saberias que essas fotos foram lá tiradas, no páteo perto das celas, onde normalmente se detem os "bandidos". Sei isso por razões profissionais e também por ter sido vítima de mais de uma dezena de assaltos, e onde me levaram para fazer o reconhecimento do suspeito, cara na cara (?), e sob ameaças deste na cara barba dos policiais.

Cidadão crioulo sofre, mesmo depois de ter sido assaltado...

Enfim.

HF

Paulo disse...

1. Concordo com o João. Presunção de inocencia deve ser levada a serio. E a net não pode ser usada pa difamar. Isso é riola e deve ser dada a importancia que tem.
Mas estes mail contem fotos feitos nas esquadras da policia da Praia (sobretudo A.S.Filie e A.S.Antonio). Não servem para condenar ninguem MAS SERVEM PARA PREVENIR TODA A GENTE. 1 mal necessário que podera deixar um jovem inocente sem encontra emprego mas evitar morte e violencia gratuita de muita gente indefesa. Todavia deve haver outros meios de prevensão.

JB disse...

Bem, se são fotografias dos arquivos policiais, pior ainda. Quem autorizou esta divulgação? E mais uma vez: quem fez esta utilização e com que fins? Se foram as próprias fontes policiais, porque não estão estas pessoas presas? Se é lícito que são criminosos, porque não assume a policia e faz uma campanha mostrando estas caras na comunicação social com um lema do tipo "cuidado com estes bandidos, um dia pode chegar sua vez"?

Esta divulgação é mais um triste sintoma da gravidade a que tudo isto chegou em termos de violência (de todo o tipo, urbana, verbal, doméstica, intelectual, etc.)

Makna de Café disse...

Se é assim que vamos recuperar a nossa sociedade, gostava de ver também incluída a foto dos agentes da Polícia Judiciária que recentemente roubaram(não utilizo o vosso "desviar" de cortesia) a cocaína da sala de evidências da própria institução aonde atrabalhavam.Existe crime mais vergonhoso que este? Cometido com provas de outros crimes. Dentro d euma instituição que deve zelar pela ordem e justiça.

Esses sim, são lobos vestidos de carneiros. E nem quero pensar o que seriam ainda capazes de fazer, com essa pele de carneiro.

Eram bandidos armados, com ordem para perseguir outros, espancar e jogar na cadeia. E claro, no fim completam o processo do tráfico que supostamente aos nossos olhos, tinha sido interrompido por esses "super-heróis".

Peço também a cabeça (fotos)dos envolvidos no caso do jovem espancado e encarcerado com a conivência de quase que um esquadra inteira da polícia (Santiago). E tudo, por esse jovem ter tido uma discussão que nem chegou a ser física, com o filhinho de um desses políciais. Ao que parece, este é o chefão do local, porque encontrava-se de folga quando foi a residência do jovem para lhe aplicar a lei de prisão.Xuxadera!

Estamos a ser "tele-comandados" por uma cambada de pessoas com um coeficiente de inteligência,ridiculamente muito mais reduzido que nós, e ainda aplaudimos?

Isso é passar a si mesmo um "testod d'burreza"! Eu repudio esse atitude imparcial e inconsequente. E a maioria de nós neste país, entitula-mo-nos de cristãos. Devemos ter lido bem a nossa bíblia.Várias vezes até, mas penso que saltamos sempre a parte em que perguntam a jesus "Mestre, quantas vezes deve-se perdoar uma pessoa"? (ou coisa do tipo)

Crescam e ajudem a vossa sociedade a crescer connvosco, meus amigos. O mal que desejammos ao próximo, acabará por ricochetear e nos bater na face Tipo m37d@ atirada a um ventoinha. Pensem no assunto! Uma luz de sol vos há de encaminhar, num amanhã destas. E quiçá, possamos realmente encontrar soluções para o drama que vivemos no país. Que acima de tudo é de cariz social. Não preciso dizer que a minha posição não é nem nunca será uma apologia ao crime. Mas sim a igualdade de direitos para todos, compreensão e busca de soluções justas para todos. E a longo prazo! Não esqueçam a ventoinha ligada quando atirarem a dona M para o ar.

Pss disse...

Decididamente estou a ver que muitos não entenderam o objectivo dessa distribuição via email da Lista de Thugs. Então tomo a liberdade de aqui deixar alguns conselhos de como usar a Lista de Thugs ou Lista di Tugis (Em ALUPEKi)

Eu começava por elogiar essa medida de combater ao crime. A Lista é uma medida MUITO EFICAZ DE combate a criminalidade. Vendo esses caras dá logo um medo de sair de casa do caraças. E se ninguém sair de casa, crimes de roubos baixam. Medida de prevenção eficaz.

Mas há ainda outras utilidades que podemos dar a essa lista.

1. Descarregar a listinha para o iPod. E quando você estiver a andar
na rua qualquer indiviuo que aproximar com ar suspeito liga imediatamente o iPod coloca as fotos em Slide Show e vê se o reconhece ... [Engraçado é que nos emails que nos enviam com essa lista dizem "é bom conhecer os tugs para poder se defender". Pois, esses thugs antes de nos assaltar
aproximam-se educadamente e perguntam "conhecemos de algum lado "?não! Passa a carteira. Como toda a gente sabe é assim o modus operandi deles.] Daí a utilidade de "conhece-los"

2. Se não tem iPod pode copiar as fotos para o telemóvel. [Se não tem
telemóvel está na hora de comprar um. E um bom porque os thugs ficam
muito violentos quando a vitima de kasu body não tem um telemóvel.]

3. Outra utilidade deveras interessante é você poder mostrar aos seus amigos qual dos gajos roubou-te o telemóvel ou apontou-te um "boca bedju" á cabeça por uma ninharia qualquer ou só para "gosto de corpo".

4. Outra utilidade esta mais prática é antes de ir apresentar queixar, imprirmir a foto do individuo e levar logo a foto para a polícia isso poupa trabalho e agiliza o processo.

Há mais ... ? Talvez

Agora comentário a sério: Estado de direito ? Falar a um dos tipos que estão nas fotos em estado de direito e eles contam um estória ...