Blogómetro Cabo Verde

30 Comments




Para iniciar o ano, uma boa e uma má nova. Comecemos pela má: Abraão Vicente desblogueou-se, e retirou o seu Cocaína Ya do espaço e agora ficamos sem saber dele, espera-se que não por muito tempo, porque ali está um rapaz que sempre teve coisas interessantes para dizer, tanto na forma como no estilo. Agora a boa nova do início do ano: o poeta Filinto Elísio, um dos pioneiros da blogosfera crioula com o extinto Albatroberdiano retoma a sua participação num novo espaço denominado Beira-mar desmedido. É verificar, aqui.

E para iniciar o ano, continuo a pensar que através dos blogues muito se pode fazer, dizer, criar, participar, enfim, ser cidadão na medida e possibilidade de cada um. Se ainda não tens um blogue, experimenta. Não custa nada e serás mais uma voz para ser ouvida. O gerente do Café Margoso predispõem-se para fornecer assistência técnica gratuita a quem o solicitar, para a elaboração de blogues esteticamente apresentáveis (quanto aos conteúdos, já não é comigo). Gostaria muito que este ano, por exemplo, alguma crioula, mesmo que sob pseudónimo, ganhasse coragem e avançasse com um blogue erótico, relatando as suas experiências e os seus pontos de vista, nomeadamente sob as performances dos machos crioulos. Aposto que alguns mitos iriam cair por terra...

Bom ano a todos os blogueiros, passados, presentes e futuros.




You may also like

30 comentários:

Anónimo disse...

Este post está eivado de machismo e pre-conceito JB: "através dos blogues muito se pode fazer, dizer, criar, participar, enfim, ser cidadão na medida e possibilidade de cada um..." A seguir e no que toca à participação das mulheres na blogosfera soltas um: "Gostaria muito que alguma crioula,mesmo sob pseudónimo, ganhasse coragem e avançasse com um blogue erótico, relatando as suas experiências..."
Ou seja, vês a participação da mulher, incidindo sobre a sexualidade, o erotismo... Não estás diferente dos outdoors que publicitam pacotes turisticos, à custa de bumbuns roliços e bikinis parcimoniosos...É a velha história da equação mulher = sexo!

Um homem em mudança...

zito azevedo disse...

É certo, amigo, que vou aceitar alguma dessa ajuda técnica e esma tática qujando a onda for menos tsunamica...

JB disse...

Homem em mudança: respeito a tua opinião mas não estou de acordo com ela. Aliás, se tiveres algum conhecimento da importância dos blogues na imancipação da mulher pensarias diferente. Muitas aproveitaram este veículo para relatar assuntos tabus, entre os quais as suas próprias experiências sexuais e eróticas, deitando por terra alguns mitos, como falei. Se isso interessa a todos? Pois com certeza. Sabendo como elas pensam ficamos melhor colocados para dar outro tipo de respostas (melhores), não achas?

Estou certo que há por aí muitas mulheres cabo.verdianas com vontade de partilhar esse tipo de aventuras, com vontade de discutir assuntos de alcova e que não tem coragem para o fazer. Com os blogues é relativamente fácil, porque manter o anonimato sob pseudonimo é permitido. Vai daí a sugestão que, na minha opinião, nada tem de machista (olha logo eu!).

Abraço

Sarabudja disse...

ahahahaha! Já disse cá isto, em outras situações: quem me dera poder reproduzir a gargalhada. Desta vez dei quando vi a proposta de temática para o blog.
João deixe lá que os mitos perdurem. Vai provocar danos na "macheza" de muito ilhéu! Mas que era engraçadissimo, lá isso era. Uma espécie de estudo sociológico.

Anónimo disse...

JB,
todos temos atitudes machistas, racistas e preconceituosas, em relaçao ao outro genero, raça, origem cultura, etc. A tua afirmação foi uma delas, de facto nao custa acitar que tenhas sido pré-conceituoso e tenhas reproduzido uma determinada imagem que se tem das mulheres. A emancipação da mulher, relativamente ao sexo, vem acontecendo ha muito, na década de 60 com a mini-saia, ou antes disso, com o bikini.
Devo acrescentar-te ainda que sei o quanto so blogues representam em termos de emancipação da mulher, mas tb em termos de afirmação da liberdade, da cidadania, do exercicio dos direitos. Portanto, contar meras aventuras sexuais é puramente "riola" e é isso que queres ouvir!
Homem em mudança

JB disse...

Mais uma vez estás enganado. Não julgues o outro à imagem e semelhança da tua pessoa, meu caro. E vai investigar. Muita da sexualidade feminina e da possibilidade da sua manifestação de uma forma despreconceituosa tem passado pelos blogues sim senhor. Na Europa, na América Latina (nomeadamente, no Brasil) e nos Estados Unidos. E se achas que as vitórias de emancipação sexual feminina foram garantidas com o bikini ou a mini-saia nos anos 60 é porque não vives neste planeta! (sem ofensa, que anda tudo com os nervos à flor da pele)

Anónimo disse...

Quem anda com os nervos epidermicos és tu meu caro...eu so estou a tentar naturalizar o teu preconceito, o teu machismo. SOmos frutos desta sociedade machista e patriarcal e temos comportamentos e representações naturias sexistas! Tu tiveste uma. Aceita, já é um bom começo para começares a ultrapassar este (nosso)problema...repara no meu nick: homem em mudança!

JB disse...

Estás a querer colocar-me uma etiqueta na testa à força toda, mas não precisas de te esforçar tanto. Tu estás em mudança, eu não precisei de mudar porque nunca tive uma visão patriarcal na minha forma de estar na vida. Mas apoio, incondicionalmente, a tua vontade de mudança. Força, estamos juntos nesta batalha!

Anónimo disse...

É esse o problema...não aceitas o teu problema, logo nao o encaras e também nao o ultrapassas. MAs isto não me espanta a tua falta de humildade é crónica...
Abrs
Homem em constante mudança!

JB disse...

Está bom, meu caro. Leva a taça da humildade e da defesa das mulheres emancipadas. Julgamentos de valor de pessoas que não conhecemos são muito fáceis de fazer, não são? Podias mudar um pouco também nesse aspecto, só te ficava bem. Tu queres que eu me auto-intitule de machista e patriarca e preconceituoso em relação às mulheres à força toda e porque não o faço sou pouco humilde! Está bem!

Abraço

Caboverdiano disse...

Comenta um sugestão, é um cosa nhe amigo. Agora bem colocá quem sugeri um cosa, qualquer rótulo que bem na boca, é mesmo um falta de humildade.

Parcem que bô crê pel reconhcê bo insulto? Bo que nem alê o que el escreveb sobre bo desejo de mudança (parte de bo nome!), nem bo oiá que el ca crê mudá a favor de bôs insulto.Parcem ainda que bo cre pel reconheceb esh? Quando jal dzeb el te respeitá bo opinião logo ne início de sê primer resposta, antes del dzeb que el que te concordá?

Pensá que mini saia e bikini é um grande cosa que emancipá amdjer, é so mostra quanto "matchão" bo mess ti ta ser nesse moment (um te esperá que ê efémero).

Quesh saia so te tchob oiá sê corpo e sinti tesão, esh que te traduzi o que quel amdjer ti te sinti dent del. Nem oiá sel te que tesão el mess (sim!), ou te fingi pe agradob e isdob vive bo fantasia. Puro fashion pe agradá los "machos" (Karma is a Bitch, algume já dze).

Bo ti te demonstrá mesma linha de pensament de quel estado/centro dum religião, que um temp atrás afirmá que maquina de lavá roupa foi um de quesh grande coisa que acontecê pe amdjer. Hehehehehee. SupaDupa XD!Bo tava dá um bom candidato a "Bintim XVII" pe ess andar!

Um ti te bem assumi que bo deve estod na lua! Ma se for o caso, no te mandob um "space-shuttle" cheio de humildade. Assim cond bo voltá pa terra bo que te te fca embarassod ne meio de gent humilde.

Tud gent te constantement ne mudança, ma quel forçod que te agradá ninguém. Seja humilde e reconhecê pelo menos que bo entrá e bo ti te continuá te comentá dum forma que nunca ti te bem ser tchmod humilde.

Ess ê nhe 5 tuston,retirod dess conversa publica. E um te esperá que bô ou qualquer alter-ego resultant de "mudança" que te trá ne mim!

Anónimo disse...

João,
a tua rápida colagem mulher blogeira à sexualidade, desta vez, não caiu bem. Talvez foi um post pouco reflectido, pelo menos foi minha sensação ao ler este post. Por que não uma mulher blogueira vir a escrever algo sobre a criminalidade juvenil, ou sobre outra coisa qualquer que não sexualidade feminina ou sexo em geral?
Marquez.

Anónimo disse...

hiiii,
chegou a "tropa de elite"
hahaha
Bijim pa bo musim, ou mnininha

Catarina disse...

Claro que o JB é livre de ter a sua opinião e achar o que quiser...mas essa conversa, já "ouvida" em outros blogues e que volta a ecoar sempre que alguém fecha um blogue...essa conversa da cidadania, já cansa. Atão só exerce cidadania quem tem blogue? O JB e outros antes de terem blogues não eram cidadãos activos? Os cidadãos que são voluntários em ONGs, apadrinham crianças, dão donativos a jardins infantis, lideram campanhas de limpeza em suas zonas,fazem reciclagem em suas casas, participam em passeatas contra a violência...são "menos" porque não têm um blogue?
As mandaduras de bocas num blogue fazem mesmo a diferença?
Caso prático: se JB se limitasse a lamentar a decadência do Eden Park nas páginas deste blogue a coisa se resolveria? Ou foi através de uma acção prática (a petição) que finalmente se passou a vislumbrar uma luz no fundo do túnel?

Quanto ao desejo de ver uma crioula a escrever um blogue erótico...o JB parece defender a ideia por duas razões: porque os outros lá fora fazem e porque quer ver cair por terra o mito do macho crioulo.

Querendo ou não, é uma ideia misógina, sim. A mulher nos blogues quer-se como a mulher na TV, no Cinema, nas publicidades, nos clipes musicais: sensual, erótica, em perpétua exposição, para o deleite e tesão do homem...

Ninguem pede à Roselma Évora que faça um blogue sobre política; ninguem pede à Cláudia Rodrigues que escreva um blogue sobre Violência Doméstica contra a Mulher, ninguem pede à Glaucia Nogueira que crie um blogue de investigação sobre música...

Ninguem pede aos machos crioulos que escrevam eles um blogue erótico a contar as suas façanhas...

Enfim, venha a resposta...

Mic Dax (francês) disse...

"Paké tonte maldade nesse mundo
S'nô ta li sô pa un sigundo
Paké tonte inamizadi
Pa gerá infelicidadi"

JB disse...

Mic, poucas vezes uma musikinha caiu tão bem neste blogue! Abraço a todos.

Renato Frederico disse...

Catarina pensou e escreveu! E a discussão terminou numa bela música.
João Branco lançou o desafio: a corajosa que inicie com qualquer coisa. Tudo será bem-vindo!

Ariane Morais-Abreu disse...

"Cocaina Ya".... fez o minimo o AV em desbloguear! O ké isso? Promoçao comercial de cocaina!! Poderia ser também : Violência Ya... o comunicante irresponsavel pode também calar-se svp. Merci!!

Mic Dax (francês) disse...

Ariane: "Promoçao comercial de cocaina!!"... "Comercial"? AV tava vendê na sê blog?

Sem usa droga e sem ter qualquer gosto pa qes substança da gaita, m'ta gosta daqel musica de Johnny Cash: http://www.youtube.com/watch?v=ITsvPjbEPtc

Munde sem provocaçon ca tem piada.

Ariane Morais-Abreu disse...

Mic Dax, é preciso provocason pa tem piada na munde?! Ironia ta mata arte, moda plagio ta mata literatura. Es pessoal ta confundi cosa a besta...

Sarabudja disse...

Caro João, já disse aqui que me ri com a proposta de tema. Por que achei, à partida que para além de uma provocação aos machos criolos o seria também às mulheres cabo verdianas.
Fui lendo os comentários dos outros clientes deste café e preocupei-me com o meu sentido de interpretação.
Acredita que muitas mulheres crioulas poderiam escrever blogs pertinentes em áreas como a politica, a arte, certoooooo?
Quando sugeriu que o tema abordasse a sexualidade descomplexada, quis reduzir a mulher na sua essência?
Já aviso que se eu tiver que assumir que a minha primeira interpretação não foi a correcta venho para aqui manifestar-me. ahahah Não colo etiquetas na testa mas colo posts de indignação. Transformo isto na verdadeira sarabudja.

E como se diz por cá: "bamos la ber a combeirsa"

JB disse...

sarabudja, bamos la ber: quem lê este blogue com alguma regularidade ou me conhece minimamente nem precisa de fazer essa pergunta, não é? E depois, o que escrevi está tão claro que já estou como o Além: será que preciso fazer um desenho? :)

Abraço grande

JB disse...

Ironia mata a arte? Essa é nova. Sempre aprendendo com quem sabe (muito) mais...

Ariane Morais-Abreu disse...

Nada sei, sempre aprendo... ao contrario dos que sabem ironicamente.

Mic Dax (francês) disse...

Ariane, m't'adora prop bô logica. Quase impossivel pa anticipa (bandeira vermelha, touro, blabla).

Né tchma sê blog "Cocaïne CosaCosi" q'tem piada (né muito ingraçod / é prop facil / falta d'imaginaçon / ess cosa tem 40 one, tem q'evolui etc etc).

Né provocaçon q'tem piada, é munde sem ess bôs gritos que ca tem.

Ja q'bô junta cosa sem relaçon, bô podia tambê dzê "shampoo ta quema odjo" ou "gafanhote ta cmé feijon", pa ilumina d'bô clareza ess nos munde sem piada.

Sarabudja disse...

João, o meu último post era quase um desenho. Uma ironia.
De tão pueril pareceu-me deveras evidente.
Ai que da próxima faço um esqueminha mas de plasticina. ahahah
Isto de comentar blogs pode ser o inicio de uma viagem pelo mundo das artes plásticas. ahaah

JB disse...

Hehehehe eu entendi a ironia. Mas temos que ter cuidado. Acabamos de aprender aqui mesmo que a ironia mata a arte...

Sarabudja disse...

"A ironia mata a arte".
Profundo, quase que podia ser designada de frase lapidar.

"A ironia é um instrumento de literatura ou de retórica que consiste em dizer o contrário daquilo que se pensa, deixando entender uma distância intencional entre aquilo que dizemos e aquilo que realmente pensamos. Na Literatura, a ironia é a arte de gozar com alguém ou de alguma coisa, com vista a obter uma reacção do leitor, ouvinte ou interlocutor.

Ela pode ser utilizada, entre outras formas, com o objetivo de denunciar, de criticar ou de censurar algo. Para tal, o locutor descreve a realidade com termos aparentemente valorizantes, mas com a finalidade de desvalorizar. A ironia convida o leitor ou o ouvinte, a ser activo durante a leitura, para refletir sobre o tema e escolher uma determinada posição. O termo Ironia Socrática, levantado por Aristóteles, refere-se ao método socrático. Neste caso, não se trata de ironia no sentido moderno da palavra."Fonte: Wikipédia (estava mais à mão)
O minha veia de professora/educadora latejava para eu postar isto. Hoje vou dormir mais feliz.

Mic Dax (francês) disse...

Santo Wiki fla.

Anónimo disse...

Hahaha...
a brincar a brincar, o JB nao respondeu e fugiu ao cerne da questão, consolidado pela Catarina!
Boa John...bo e ke ganhá! hahahaha
Homem, ainda, em transformação!