Perguntas Cafeanas

25 Comments



Um intelectual que se preze não gosta de futebol,
gajas boas e filmes americanos?


À melhor resposta, ofereço um café




You may also like

25 comentários:

HF disse...

Por isso que é intelectual, de outra forma seria ignorante urbano. rsrrrsrs

HF

Dundu disse...

Um intelectual que se preze apenas não tem um ordem para esses prazeres.
Ou se tiver, não é certamente essa.

Álvaro Ludgero Andrade disse...

Prezado João, embora menos escriba, estou sempre no café. Sobre esta frase, lembrei-me de um amigo chileno Benjamin Parra, amigo de Pablo Neruda, de um bom churrasco (à América do Sul) e de um excelente tinto chileno (sem dúvida do melhor, juntamente com o da Argentina), que me dizia: "chamam-me de intectual, mas intelectual é alguem sem causa, e eu tenho causa". A propósito!

Tchale Figueira disse...

PODE NÃO GOSTAR DE FUTEBOL COMO EU NÃO GOSTO DE CORRIDA DE CARROS. PODE NÃO GOSTAR DE GAJAS BOAS POR IMPOTENCIA, OU OUTRA OPÇÃO SEXUAL, PODE NÃO GOSTAR DE FILMES AMERICANOS?... AÍ, É CERTAMENTE POR PERCONCEITO... TALVEZ SEJA UM ESQUERDISTA FANÁTICO?. SE FOR ASSIM, DIREI: O QUE TEM A SÉTIMA ARTE A VER COM A POLITICA DOS GRINGOS? NEM TODOS OS AMERICANOS SÃO MÁS PESSOAS!POR AQUI E EM TODA A PARTE HÁ MUITA SACANAGEM.

Fonseca Soares disse...

Por uma questão de princípios... não deve assumir e muito menos declarar isso... (hehehe)

Anónimo disse...

Gosta, gosta! A diferença é que sabe colocá-los nos devidos lugares: não prioridades absolutas, mas momentos de futilidade e de lazer esporádicos, pois a vida também é feita disso. O problema é quando quase viram prioriades nacionais do sexo masculino, como é o caso de Cabo Verde e Portugal...

Abraço

Pimintinha

João Branco disse...

HF, conheço ignorantes urbanos que gostam de se armar em intelectuais! :))

Dundu, não entendi o teu comment...

Álvaro, nem mais. Aliás, fizeste-me lembrar o Nelson Rodrigues, um dos maiores escribas da história do Brasil, que era fanático por futebol.

Tchalê, pode ser um direitista também, não?!

Fonseca, não fica bem... :)))

João Branco disse...

Pimintinha, eu acho bem que "gajas boas" sejam prioridades nacionais... hehehe E pelo que percebi de um comentário anterior, tu nem te dás mal com isso! Ou estarei errado?!

zito azevedo disse...

Bão vislumbro nenhuma regra que obrigue qualquer intelectual a ser um castrado lúdico...
Zito Azevedo

da caps disse...

HF, nota 10!!!(em brazuca)

O problema é, se só gostar disso, e o tempo todo..

Manu Moreno disse...

Dexam manda um palavriadu Djonsa:

N´tinha um Jumentu ki ka kria kumé padja berdi
N´bai buska xikoti marmelu pa sota Jumentu
Xikoti ka kré sota Jumentu
Jumentu ka kré kumé padja berdi

N´bai tchoma lumi pa kema xikoti marmelu
Lumi ka kré kema xikoti marmelu
Xikoti marmelu ka kré sota Jumentu
Jumentu ka kré kumé padja berdi

N´bai tchoma Águ pa bem paga lumi
Águ ka kré paga lumi
Lumi ka kré kema xikoti marmelu
Xikoti marmelu ka kré sota Jumentu

N´bai tchoma Homi laskadu pa bebi Águ
Águ ka kré paga lumi
Lumi ka kré kema xikoti mamelu
Xikoti marmelu ka kré sota Jumentu

N´bai tchoma Policia pa prendi Homi laskadu
Policia ka kré prendi Homi laskadu
Homi laskadu ka kré bebi Águ
Águ ka kré paga lumi

Lumi ka kré kema xikoti marmelu
Xikoti marmelu ka kré sota Jumentu
Jumentu ka kré kumé padja berdi
N´ba thoma MORTI pa mata policia fardadu

Policia fardadu dja kré prendi Homi spertu
Homi spertu dja kré bebi Águ
Águ dja kré paga lumi
Lumi dja kré kema xikoti marmelu
Xikoti marmelu dja kré sota Jumentu
jumentu dja kré kumé padja berdi
...E TUDO ANTES QUE A MORTE VENHA!

Kel abçom di um todo em forma di amizadi!
ManuMoreno

intelectual disse...

uma coisa de cada vez!

Tiago disse...

Não sei muito bem o que é um intelectual, João, mas parece-me que futebol, gajas boas e filmes americanos podem ser tão restritivos como ópera, mulheres de óculos na ponta do nariz e filmes do Manuel de Oliveira. Também não me parece que um intelectual seja alguém sem causa, muito pelo contrário.

Arsénio disse...

Intelectual que se preze aprecia coisas boas da vida: futebol bem jogado, uma crioula linda, um filme como "Mente Brilhante".

João Branco disse...

Zito, gostei da expressão "castrado lúdico". hehehe

HF, estás a ficar famosa, por aqui.

Manu Moreno, poeta popular do Margoso. Muito bem!


Intelectual, :)))

Arsénio, ora cá está! Disseste tudo.

Anónimo disse...

Bom se for uma intelectual mulher (não consideras-te a hipótese?)gosta de gajos bons, novelas e filmes americanos. Se gosta e não admite não é intelectual. Se não gosta, bem gosto de cada qual e gosto de cada qual ...
VT

M. Estevão disse...

Um intelectual que se preze gosta de tudo isso, porque contém ciência e ou são per si. Só não é aconselhável o fanatismo, porque é um défice de inteligência.

João Branco disse...

VT, tens toda a razão. Não pensei nisso. Resquícios de uma sociedade patriarcal? Mas reparem todos (especialmente o Tiago, a quem ainda não me dirigi pessoalmente), estas perguntas cafeanas tem "entrelinhas", a maior parte delas são irónicas e tem implícitas alguma crítica. Neste caso, a crítica está relacionada com o pré-conceito do que se considera ser um intelectual. Claro que um intelectual, ou seja, um pensador, estudioso, possivelmente escritor, pode gostar de futebol, mulheres bonitas (melhor que o termo "gajas boas" usado também de forma irónica) e de bom cinema norte-americano, que o há, e muito!

Seja como for, estou a gostar do nível, muito razoável, de participação desta cafeana.

Abraço a todos

Anónimo disse...

Um "intelectual" de verdade bebe grog, gosta bué duma gaja boa, adora futebol, gosta dum bom filme de karaté, sai todas as manhãs para o mar brabo para ver se apanha uns mané cabeça para alimentar os filhos, corre o risco de morrer no mar. Regressa todo sorridente para a familia. Ajuda na economia do seu país (Cabo Verde) enquanto é enrabado todos os dias por politicos e pessoas armados em intelectuais.

Lily disse...

E porque não?!?!
Somente porque o estereotipo assim o dita?
Ainda bem que já não se fazem (ou menos) essas associações!

(Faz-me lembrar um espantoso investigador da área da epidemiologia, sempre bem vestido e aprumado, que um dia foi confrontado exactamente com aparentemente contra-senso de trabalhar na área da investigação científica e ter aquela aparência cuidada. Ao que ele respondeu que já não estamos na era do Einstein em que os cientista tinham de ser despenteados e desleixados!)

argumentonio disse...

tarde e a más horas, entro no eléctrico já no terminal: cidadão que se preze, intelectual ou não, fará bem se usar critério quanto a parceiros, modalidades desportivas e geografias cinéfilas, para além da ponderosa repartição de atenções pela pluralidade de interesses e oportunidades que se oferecem ou se apresentam ao desafio por esse mundo fora!

enfim, isto saiu-me um tanto politicamente correcto mas americanalhadas, pontapé na bola e parcerias vistosas só mesmo coisa de intelectuais, carago!!

exemplar era o Sartre, que se debatia com a publicidade da filo e com a privacidade da sofia - e mais não digo!!!

;->>>

Joshua disse...

Ê pá! Espero que não, se não estou tramada: é que eu sou uma gaja boa com um fraquinho por intelectuais!
;)

João Branco disse...

::::)))) Está muito bom. Viva os intelectuais. Viva as gajas boas! (especialmente esta última) Viva o futebol e o cinema americano!

Anónimo disse...

Filmes americanos e futebol detesto, mas gajas boas....!

João Branco disse...

E se for uma gaja boa num filme americano, assim tipo Angelina ou Scarlett? :)