Um Café Curto

8 Comments



Vi no noticiário da tarde da Televisão de Cabo Verde - excelente poder ver notícias di terra na hora do almoço - a inauguração de um conjunto de painéis solares a partir dos quais uma bomba de água é posta a funcionar e assim se fornece água de boa qualidade a toda uma comunidade rural, não só para consumo doméstico, mas também para o regadio e para o gado. Um projecto que foi financiado em parte pela Cooperação Francesa, mas cuja fatia maior foi suportada pelo Governo de Cabo Verde. Boa iniciativa e deve ser saudada que este café não serve só para mandar bocas. Além disso, graças a esta inauguração vi pela primeira vez o Ministro do Ambiente em acção. Agora já sei quem é, mas continuo com saudades de Madalena Neves. 




You may also like

8 comentários:

Anónimo disse...

"Ah Madalena", que falta fazes...o ambiente estave bem "mais limpo".Paxenxa...tudo o que é bom acaba depressa...

Kuskas disse...

Oh João
Não é somente tu quem tem saudades da Madalena Neves...

Convido vivamente o actual Ministro a rever as suas (dele)proprias intervenções públicas, para ver o quanto a leste do paraiso ele anda.

Abraços

João Branco disse...

Sim senhor, mas há que aplaudir quando coisas boas acontecem. Como o facto que originou o presente post.

madalena disse...

A vingança da Madalena... hehehe

Anónimo disse...

Este novo ministro é homem sem ideias ordenadas, cabeça no ar, influenciável e sem noçao do que possa ser governaçao! É triste que tivessemos chegado a este ponto...

A Madalena é uma mulher inteligente senao a mais inteligente deste governo... discreta feminina e sobretudo coreecta!

Enfim coisas... que só deus poderá explicar

Anónimo disse...

Este projecto de bombagem de agua ultilizando energia solar foi desenhado pela Madalena Neves. Quantos os feitos dela acabarem estar realizados ... o que vai ser de nós num ministério sem visao!

João Branco disse...

Que o projecto ora concretizado era da responsabilidade de Madalena Neves não é muito difícil de adivinhar...

jandir disse...

esse projecto devia ser exportato para as outras ilhas agricolas o mais urgente.
isso chama-se desenvolvimento, e nao so isso, o voltar do jornal a hora do almoço tambem, avervamos se estara na net disponivel tb pra quem nao tenha tempo de o ver a hora do almoço o possa ver depois