Perguntas Cafeanas

19 Comments



Qual a distância exacta entre o hábito e o vício?

À melhor resposta, ofereço um café




You may also like

19 comentários:

Anónimo disse...

Hábitos são saudáveis.

O vício já implica dependência, e todo e qualquer tipo de depedência é mau, quer para a saúde quer para o emocional.

É o que eu acho, portanto maltas nada de dependências (só de sexo, hehehehe..., mas vai daí é um hábito saudável, desde que seguro e responsável)

Abraço,

Pimintinha

Tiago disse...

Três dedos!?

João Branco disse...

Pimintinha, e os maus hábitos, onde ficam? :)

Tiago, três dedos onde (ou enfiados onde?) hehehe

Anónimo disse...

Exactamente a mesma que vai entre o amor (o hábito) e a paixão (o vício).

a) RB, anónimo por obrigação

João Branco disse...

Bem visto!

Fonseca Soares disse...

0 milímetros. Porque o hábito... simplesmente vicia.

Anónimo disse...

Oh João, os maus hábitos apenas são hábitos maus,o que não quer dizer necessariamente que sejam vícios...capice?

Abraço,

Pimentinha

Anónimo disse...

vou filosofar : " habito é um vicio esporadico , e vicio é um habito regular (constante)"!!

Hiena ( ja registei a frase eh eh eh)

Tiago disse...

Escrevi depois de ler a diaba do Diabo no Corpo, é o que dá... De qualquer modo, «três dedos» pode simplesmente querer dizer que a distância entre o hábito e o vício é muito curta, ou não?

João Branco disse...

Fonseca, vê-se logo que és fumador... hahaha

Pimentinha, capice, capice!

Hiena, excelente. Ainda vai dar lucro!

Tiago, também acho.

Kuskas disse...

A distancia é tão pequena, mas tão pequena que o que para uns é habito (tenho habito de tomar 6 cafes por dia), para outras pessoas é um vicio que tenho :D

Como diria a nossa fomosa "brôquenta" do mindelo, nisso de hábito e vício, depende das "opiniães"

Abraços

Anónimo disse...

É o stress. :p

kuks

João Branco disse...

Kuskas, ou como ela também diz, "depende do clitóris de cada um" (o que para mim, confesso, é um problema! hehehe)


Kuks, ele leva do hábito ao vício ou no sentido contrário?

Anónimo disse...

A meu ver,levará do hábito ao vício.Parece-me que o stress hoje em dia está ligado ao não ter tempo para nada,a pessoas sempre cheias de pressa,ansiosas,nervosas,em "modo eléctrico" e consequentemente levará as mesmas a beber mais cafés,fumar mais cigarros,etc,situações que poderão ser consideradas hábitos banais tornam-se ainda mais viciantes.(já que também,no meu entender,para certas pessoas o fumar um cigarro tornou-se um hábito). será que consegui fazer-me entender?
beijinho kuks

Manu Moreno disse...

Hábito é versatilidade
É aculturação de vontade
É combinação de verdade
É composição de simplicidade

É tinta negro
Ta beja folha branco
É papel branco
Ta recebe tinta negro

Hábito é ingrenagem
É mordi
É dismordi
Habito ka sta di passagem

É um afeto
É ka disfeto
É ruspeto
A qualquer tribo

Habito é sorrizo
É ka conflito
É coraçom xeio de razão
É ter bom governação

Vício é mortificação
É tentação
É ka auto-estimação
També é ka resolução

Vicio é tristeza
É profundeza
É ka omniscência
Vicio é dependência

Vicio é detenção
É persequição
É assombração
Vicio é ka solução

Vicio é ka cultura
Vicio é colapso
Vicio é ka literatura
Vicio é um kaneka café margoso

Kel abçom di hábito i não de vício!
ManuMoreno

Neu Lopes disse...

O hábito é o maior inimigo da segurança e o vício á o maior amigo da cobardia.

Sisi disse...

"Fumo maconha todos os dias há trinta anos e não sou viciada" (in Tapa na Pantera - youtube)

Tendo por base esta frase, acho que em alguma altura o hábito e o vício se confundem.

João Branco disse...

Eu partilho dessa visão que ambos se confundem bastantes vezes...

Anónimo disse...

Hábito é o termo politicamente correcto usado pelos viciados.