Perguntas Cafeanas

8 Comments



Qual o melhor retrato da classe média cabo-verdiana,
se é que isso existe?



À melhor resposta, ofereço um café







You may also like

8 comentários:

Paulo Silva disse...

Se é que existe acho que o melhor retrato (assim um retrato geral ou num retrato tirado á 5000 metros de altitude) é este: Gente que trabalha ! (mal ou bem, com mais ou menos qualidade, muito ou pouco invejosos ..."mandadores de boca ou não") mas creio que (não será exagero dizer) o melhor retrato é gente trabalhadora que acredita na ética do trabalho.

Kuskas disse...

ahahahahahahahahah
A existir Classe Média em Cabo Verde poderia ser:
1- Um casal de de(puta)dos.
2- Um presidente de camara e a respectiva (ou respectivas)esposa.

De acordo com o dono do minimercado que frequento quase todos os dias, a classe média cabo-verdiana é aquela constituida por 4 pessoas, que mora em um duplex, tem carro e empregada, mas que todos os dias compra 15 ou 20 pães, como se só disso alimentassem durante o dia. ahahahah

Catarina disse...

Já leste a Maria Ramantaxada? N é que seja retrato da classe média, mas é um retrato/caricatura fantástico da sociedade lollllllll

JB disse...

Paulo, desta vez ficaste aquém das expectativas! Lê a Kuskas, que está mais no caminho certo (digo eu!)

Catarina, com certeza: é a minha inspiração (uma das)

Paulo Silva disse...

Não concordo ! Quando digo que é o trabalha, não estou a pensar na classe média de "Rua de Lisboa" ou a classe política como é lógico.
A chamada classe média compra por exemplo apartamentos de mais 7 mil contos com empréstimos bancários com juros a rondar 12%. Como é que se paga isso sendo de classe média, não sendo político, não sendo vereador de nenhuma câmara (portanto não vivendo de rabidância de terrenos) ? Com trabalho é claro. Espreitem Palmarejo, Cidadela na Cidade da Praia e vejam quem maioritariamente vive ai? São só deputados, presidentes de câmara e ministros ? Não.

Kuskas disse...

Paulo, não são deputados, mas são (na maioria) como dizes pessoas que trabalham, mas que só comendo pão todos os dias é que podem ter dinheiro para pagar os empréstimos (casa, carro, viagens), pois eu me considero uma TRABALHADORA de qualidade, não invejosa, que acredita na ética do trabalho, mas só se eu decidir comer "pão" ou bife de caneca como dizem em Soncent é que terei como pagar os juros para ter uma casa de 7 mil contos.
Falando mais sério, a classe média CV, se é que existe, é semelhante as classes médias de outros paises: ENDIVIDADA e que vive na maioria das vezes da APARENCIA.

JB disse...

Esta pergunta não está a ter muita participação e eu acho que sei porquê: a maior parte do pessoal que aqui vem é da classe média e não gostou lá muito do retrato do post anterior. hehehe

Anónimo disse...

Mas JB, então ficarias contente e satisfeito se todos se assumissem como classe média-baixa ou baixa? Porquê??
O que é que tens contra uma vida decente e folgada para ti e para os teus filhos, se a vida gira ao vosso redor e não é eterna?? E tu, trabalhas só para o dia a dia, morando num T0, comendo massa fervida todos os dias, não indo a um bom restaurante, não vendo cinema, não indo a um teatro, não visitando países ou não comprando um bom livro??

Lutar por uma boa qualidade de vida não é reprovável e todos que compram um bom livro ou vão ao teatro e ao cinema, se o conseguiram honestamente e com trabalho, são merecedores.

Ao kuskas aconselhava-o a não subestimar-se, porque, ai sim, seria "classe baixa de espírito".