Café Tecnológico

4 Comments




Dois textos, um publicado no blogue do Djinho e outro aqui mesmo no Margoso, em forma de comentário, mostram-nos o quanto avançamos neste domínio, mas o quanto podemos (e devemos) ainda sonhar:

Escreveu o Djinho:

«Cena 1: chego, tiro o portátil da bolsa
Cena 2: Faço o "boot" e "konecto" no sinal Konecta
Cena 3: Entro na minha conta, leio e respondo a alguns emails
Cena 4: Vou à vida...

Estas cenas foram contadas há alguns anos, num ambiente aqui em Mindelo e na altura ouvi um estrondoso - "bzote ti ta senhá mut ólte"...

Pois é, Wireless na Praça Nova.»


E escreveu um cliente aqui do Margoso:

«José Maria Neves o Primeiro-Ministro de Cabo Verde que vai aterrar a bordo de um Boeing nesta ilha chamada S.Vicente tem oportunidade de fazer História. Essa oportunidade depende de:

1) Quem ele trará nesse voo inaugural (...);
2) O que ele trouxer na bagagem; E uma das coisas que poderia vir na bagagem desse Boeing era o seguinte (E fica desde já a sugestão ) quando avistar com a Srª. Presidente de Câmara diga-lhe que aquela coisa chamada Parque Industrial de Lazareto acabou. Aquilo será "nacionalizado" e passará a ser o "Parque Tecnológico de Cabo Verde". (As crianças de S.Vicente hoje em dia pedem o seguinte ao Pai Natal: que dos googuelhões de doláres do MCA parte seja usado para investir nesse Parque Tecnológico.)»


Entretanto, uma reportagem de uma televisão brasileira faz reportagem sobre este tema e devo dizer que dá gosto ver e ouvir o que aqui é dito aqui. Só temos pena que quando mostram onde fica Cabo Verde no mapa tenham feito uma bolinha apenas nas ilhas mais a Sul do arquipélago. Mas isso já é outra história!




You may also like

4 comentários:

Pss disse...

Parque Tecnológico de Cabo Verde? Porque não? Vamos Sonhar! E parafraseando António Gedeão … Quando o Mindelense sonha, Cabo Verde pula e avança!
Ou como diz Gabriel Pensador “a gente sabe sonhar, a gente sabe sonhar e desse sonho a gente não dúvida”. Pode não se realizar o sonho do Mindelense mas desse sonho a gente não duvida MESMO!

JB disse...

Também considero perfeitamente viável. E a estrutura está lá, à espera que alguém a utilize. Parque Industrial já era!

Sal Pimenta disse...

Ò João,

O que mais dá gosto ver no teu blog nem são os post (originais, sem duvida) mas sim magicar onde será que esse "individuo" vai buscar estas noticias, e pasmem, que vêm ainda em tempo e a propósito.

Um fenómeno delicioso, devo dizer.

Quem me dera que a nossa comunicação social tivesse essa dinâmica. Ai, ai...

Abraços de Feliz Natal

Anónimo disse...

Boas.

Já agora, porque nao alimentar esse parque com mao de obra, formada no ISECMAR? nao é assim tao dificil. Alias, S.V. podia muito bem ser uma ilha universitaria e tecnologica.

mas enquanto C.V. for apenas uma elite, será um sonho.

abr

Zé Rui