Perguntas Cafeanas

19 Comments




Os candidatos destas eleições acreditam realmente naquilo que andam por aí a dizer?


À melhor resposta, ofereço um café





You may also like

19 comentários:

neulopes disse...

Na maioria das vezes não acreditam naquilo que dizem nem tampouco que o povo acredita no que dizem. Mas mesmo assim vão fazendo esse seu quotidiano temporário para cumprir, calendário e deitar bláblá fora.
No entanto, há uma coisa em que seve aproveitar: salvo alguns exageros que possam valer algum processo judicial, o político pode mandar bocas à vontade e chamarem nomes uns aos outros porque no momento é moda e o povo acha divertido.
Um autêntico teatro de rua, mas de Qualidade B.

gicas disse...

Esta pergunta é para rir, não?
É que se é esse o objectivo, então conseguiste João é que ao ler a pergunta soltei uma gargalhada tão natural que é como água para o vinho sobre a sinceridade dos "nossos políticos"! Como diz o brasileiro "faça me o favor, né?"

João Branco disse...

Neu, «Teatro de Rua, de qualidade B» Boa definição! hehe

Gicas, há-de haver alguém que acredite, não?!

gicas disse...

Já dizia o poeta: "O sonho comanda a vida".

Sisi disse...

A resposta é tão óbvia, que custa-me a crer k alguém possa achar que sim. Contudo, encontre-se de um tudo por aí.

Continuação de bom fds!!

João Branco disse...

Pois, é pena que não aparece um candidato que diga claramente, «sabemos que temos poucas hipoteses de ganhar, mas queremos dar a nossa contribuição e pensamos que a melhor forma de ajudar o municipio é fazer assim...». Mas não, só ouvimos falar em «dinamica de vitória» e a «vitória é certa», mesmo em listas que todos sabem que nunca poderão ganhar esta eleição...

Anónimo disse...

nunca ouviram " engano e engano, até eu mesma acreditar que é verdade" ... e o ridiculo passa a ser real nas nossas cabeças!

Kuskas disse...

Eles acreditam João. Eles tem de acreditar porque senão, não conseguem convencer nem o eleitor mais desatento... ahahahahahahah

é o que o anonimo disse "engano e engano até eu acreditar que é verdade"....

Dundu disse...

Acreditar, não acreditam.
Até porque nem precisam, desde que os outros acreditem.
A não ser nos casos extremos daqueles que de tanto mentir acabam por viver de/para suas mentiras (conheço alguém assim).
Mas a grande maioria dos politicos, não se importa com o ridículo que dizem/prometem, porque somente eles e uma minoria esclarecida que, infelizmente, não decide a eleição, têm noção desse ridículo.
Vivemos cada vez mais o populismo. E isso num país pobre só acaba com a gradual informação da população.

Aproveito agora para apoiar a ideia de internet free em Cabo Verde. A informação é vital

João Branco disse...

Anónimo: há outro dito popular que se poderia aplicar - «me engana, que eu gosto"!

Kuskas: eu acho que alguns têm que acreditar. Senão não faziam algumas figuras...

Dundu: Valeu! Um forte abraço

Anónimo disse...

auto- Enganação colectiva...

João Branco disse...

Olha, um comment telegráfico. Mas como diz o povo, para bom entendedor...

Anónimo disse...

a ignorância... de duas uma... ou é atrevida (sanbichona) ou é santificada(pela burrice)! E cada mais ignorante são as propostas mais atrevidas se desenham... que deus nos perdoe...

Anónimo disse...

o que mais me doi no meio de tudo isso é que não há um espaço para as pessoas comentarem em voz alta as propostas de Candidatos e avaliar as suas propostas e confrontá-los com o modus operandi das propostas...
enfim ... está a venda para quem queira comprar mas sem rotulagem sem as informações de exequibilidade....

João Branco disse...

Anónimo I: Amén

Anonimo II: se bem que ditadas por questões financeiras - nomeadamente ganhos publicitários nos grandes canais de televisão - agrada-me o sistema de debates que se promovem nas eleições norte-americanas. Este ano tivemos um «cheirinho» na rádio com os debates dos candidatos na Praia e em S. Vicente. Mas não me desagrada nada a ideia lançada por um candidato à câmara do Mindelo, que se promova um debate público entre os 4 candidatos em plena rua de Lisboa. Haveria coragem e maturidade politica para tal?

Anónimo disse...

a proposta mais oferecida : Campo com relva artificial

João Branco disse...

Aqui no Mindelo, sem dúvida!

Anónimo disse...

Zau: Natural hipocrita women
Onesimo: Auto-desenquadrado entre o tempo, intelecto e aspirações
Gualberto:sapo esperto e malandro

João Branco disse...

Nota; publiquei o ultimo comment do Anónimo por respeito à liberdade de expressão aqui do Margoso, mas não me revejo nem no estilo nem na linguagem. Além do mais, parece-me que falta ali um candidato. Ou será que ele é anjinho e os outros é que são todos pessoas de má fama? É só uma pergunta inocente.