Café Teatro

6 Comments

Se estiverem no Mindelo, vão ver, que vale a pena.
Um grande musical, que homenageia um dos maiores compositores da nossa história!

«Biografia dum Criôl»


Biografia dum Criôl é uma revista que retrata a vivência do crioulo de Mindelo, suas raízes, suas venturas e desventuras, conquistas e derrotas, sua vontade de emigrar e descobrir novas terras, a saudade, as frustrações e decepções, as partidas, bem como o que mais nos faz viver – a nossa paródia. Enfim, a nossa cabo-verdianidade.

Imaginem as mornas e coladeiras de Manuel d’Novas. Engraçadas, não é? Tentem metê-las todas juntas num liquidificador e juntem um pouco mais de tempero. Pois é mais ou menos isso o resultado do texto de Neu Lopes. O texto é uma salada de textos e sua musicalidade com uma sequência lógica. Aliás, foram as músicas de Manuel d’Novas as únicas culpadas pelo surgimento dos personagens e situações que formam os três quadros desta peça.

Interpretação: Aguinaldo Monteiro, Edilson Fortes, Djay fortes, Manú Lopes, Nadira Delgado, Neu Lopes, Osvaldo “Shaka” Santos, Patrícia Alfama, Karina Lizardo, Mariza Santos, Micau Zacarias, Romilda Silva, Katy Rodrigues, Kleudir Lima, Mireille Delgado, Wesley Lopes, William Patrick

Dramaturgia, Direcção Musical e Encenação: Neu Lopes a partir de uma ideia original de Júlio Fortes

Onde & Quando?

4ª Produção Teatral do Sarron.com
Auditório do Centro Cultural do Mindelo

30 e 31 de Maio 2008 às 21h30
01 de Junho às 20h30





You may also like

6 comentários:

Kuskas disse...

Quero ir pra MINDELOOOOOO!.
Ai ke ódio. Logo a peça que acho que retrata fielmente a BIOGRAFIA/VIDA de um criol....

I h.......Praia :(

João Branco disse...

Nem digas isso. Olha o post mesmo aqui em baixo. Quem me dera aí estar, para ver e apreciar as «texturas da cidade»... Enfim, não se pode ter tudo, não é?

Kuskas disse...

Realmente não se pode ter tudo. Mas se Deus quiser, depois de 5 anos sem poder assistir o MINDELACT este ano estarei aí

neulopes disse...

Com certeza será um bom espectáculo. Estamos a fazer de tudo para que o nosso segundo muaical fique na história teatral de Cabo Verde.
João, obrigado pela força e, co~m certeza iremos repô-la numa altura que a possas ver.
Boa viagem e abraços cafeanos

João Branco disse...

Kuskas, e podes marcar aí no calendário: 05 a 14 de Setembro. Mai nada!

Neu: já sabes como é, um bom balde de merda em cima da tua cabeça, é o minimo que se pode desejar! MERDA!

neulopes disse...

Olá, João.
Foi maravilhosa a estreia.
Divertimo-nos muito e o público aplaudiu de pé. Houve váriõs aplausoa, do início ao fim da peça.
Abraço!