Café Visual

7 Comments


Porque (algumas) imagens valem por mil palavras






O fotógrafo americano Rodney Smith é uma dessas pessoas aparentemente imunes à azáfama dos nossos tempos: eis um conjunto de belas imagens, óbvia influência do surrealismo do pintor René Magritte (um dos meus preferidos).

Via: aqui
Veja a galeria completa aqui




You may also like

7 comentários:

Anónimo disse...

Quem disse que as imagem mede-se por palavras... cada um vale por ela

João Branco disse...

Como se diz na publicidade - e que bem se aplica a esta série de imagens - «há coisas fantásticas, não há?». Abr.

kuskas disse...

pois há João. Coisas muito fantásticas como estas fotos.

Sou fã de fotografia, principalmente a preto e branco ... pena não ter nenhum talento para as fazer, apesar de ter estudado fotografia durante 1 ano na faculdade...

Adorei a galeria

Alex disse...

Recomendo também aos apreciadores de fotografia, uma visita ao Blogue AMANTE DA ROSA, para espreitarem uma foto de um homem chamado Irvin Penn, cujas fotos (mais do que recomendáveis) podem ser vistas neste sítio fascinante:
http://www.artphotogallery.org/02/artphotogallery/02.html

João vai até lá e verás porque razão me embirrei com aquelas fotografias "jeitosas" que postaste em tempos de uma tal organização humanitária. E depois diz-me se precisava aquelas poses e aqueles adereços!!!
ZC

João Branco disse...

Kuskas, também gosto muito da imagem a PB. É quase teatral...

ZCunha, vou espreitar!

Kuskas disse...

ZCunha

Fui espreitar o sitio que recomendaste...
Interessante

João Branco disse...

Sem dúvida,tem imagens fantásticas. Algumas já estão seleccionadas para próximos cafés.