Sonata de Outono

3 Comments




Akira Kurosawa, o realizador japonês, disse: "um homem é um génio quando está sonhando." Eu, quando sonho com um jantar a dois (sou modesto, não vou mais longe nos meus devaneios) com Scarlett (por exemplo), onde no final ela canta só para mim, enquanto come uns morangos com chantilly (fazendo lembrar a não menos bela Nastassja Kinski, no filme Tess, naquela que é a mais sensual mordidura de morango da história do cinema), o clássico Sumerttime, tenho uma tendência bem idiota de me auto-considerar um génio. Manias...







You may also like

3 comentários:

Anónimo disse...

Como diria Fernando Pessoa, "O homem é do tamanho do seu sonho".

Em qualquer caso,

"Gozo sonhado é gozo, ainda que em sonho.
Nós o que nos supomos nos fazemos,
Se com atenta mente
Resistirmos em crê-lo.
Não, pois, meu modo de pensar nas coisas,
Nos seres e no fado me consumo.
Para mim crio tanto
Quanto para mim crio.
Fora de mim, alheio ao em que penso,
O Fado cumpre-se. Porém eu me cumpro
Segundo o âmbito breve
Do que de meu me é dado".

(Ricardo Reis, "Odes")

a) RB

o mundo visto daqui disse...

"Entre o acordar e o dormir há um espaço muito pequenino e muito luminoso onde são reais os sonhos que a gente inventa. Mas em casos urgentes, as figuras inventadas podem aparecer mesmo em pleno dia."

Maria Alberta Menéres,
in O Trintão Centenário

zito azevedo disse...

Todos e cada um de nós tem tanto o direito de se considerarem génios como os outros julgam que o têm de nos considerarem néscios...