Cafeína Comentada

7 Comments




"Isto é uma coisa que me confunde. Cresci pensando que havia as mulheres que haviam de ser nossas mães, namoradas, irmãs e esposas e que, à parte dessas, havia as putas. Hoje parece que as mulheres querem ser tudo ao mesmo tempo e ainda profissionais, independentes, emancipadas, desejáveis e mais não sei o quê. As mulheres, e a verdade é esta, confundem-me bastante e não sei se é por serem bipolares ou apenas por terem mudado demais."

Manuel Jorge Marmelo in "As Sereias do Mindelo"



Comentário Cafeano: é muito raro reler um livro. O que até é estranho porque tenho uma péssima memória para recordar livros, personagens, histórias e não poucas vezes passo vergonhas porque estou a conversar com amigos sobre literatura e sobre livros que já lemos - sei que os li - mas dos quais não me lembro rigorosamente nada, passando por um daqueles tipos que dizem já ter lido este ou aquele livro só para fazer figura (de parvo, diga-se). Para esta viagem resolvi vir acompanhado com "As Sereias do Mindelo" - entre outros - que releio agora com redobrado prazer. Talvez porque o domínio me é absolutamente familiar, ou porque o tema me agrada - mulheres e Mindelo -, ou ainda, não custa admiti-lo, porque o Jorge Marmelo é um escritor bestial (embora esteja sempre a dizer de si próprio que é uma besta).




You may also like

7 comentários:

Anónimo disse...

Eu também gosto muito do Brasilim!

a) RB

Anónimo disse...

1) Não vamos confundir as coisas -;)
Para mim, os homens é que não as sabem amar!!! Hoje as mulheres são muito dinâmicas, não são estáticas como noutros tempos.
IM

Tiago disse...

Também gostei desta passagem. Parece-me que espelha a sociedade machista em que muitos de nós crescemos e a actual dificuldade dos homens para lidarem com estas novas mulheres. Bipolares, somos todos...

Lily disse...

Não conheço o livro mas fiquei com a pulga atrás da orelha!
Mas descobri que pelo menos não sou a única a sentir-me desolada com a "amnésia literária"...

Ave disse...

hehehehe
Acontece a mesmissima coisa comigo!!! nunca me lembro das historias/personagens de livros que eu ja li!! acho que, de livros, so tiro msm o prazer da leitura, uma ou outra coisita que vai se aprendendo... e, o resto a minha memoria descarta ou guarda num lugar bem apertadinho que eh para dar lugar as novas informacoes que nunca param de chegar... eh a tal da seleccao natural!!!

zito azevedo disse...

Dos livros, meu caro, estou mais interessado em te-los vivido do que deles me lembrar...

mdsol disse...

Até que enfim encontro alguém que me entende.Passa-se qualquer coisa muito parecida comigo em relação aos livros e à memória que deles guardo. Ufa!

Gosto muito do blog do MJM: teatro anatómico.

:))