Tertúlia dos Mentirosos 17

1 Comments



A aguardente sonhada

Outra história chinesa apresenta um homem a dormir, que encontra no seu sonho uma garrafa de aguardente de arroz. Muito contente, pois na realidade era demasiado pobre para poder obter álcool, encontra um fogão, acende-o , põe a aguardente a aquecer, como deve ser.

De repente, acorda.

- Devia tê-la bebido fria.


História recolhida por Jean-Claude Carrière in "Tertúlia dos Mentirosos"





You may also like

1 comentário:

Teatrakacia disse...

Oh Jon!
Pa ess li tem um versão crioula - já antiga - do meu amigo e colega Santos Nascimento (Dix)
Chegado à porta do Céu, é recebido por um S.Pedro todo amável que lhe diz:
- Antes d'entrares, queres um whiskyzinho?
- Ná. Não acredito! Aqui tb tem Whisky?
- Aqui tem tudo, o que quizermos...
- Bom... então eu quero!
- Com gelo, ou sem gelo?
- Também tem gelo e tudo... Bom, prefiro com gelo.
- Vou buscar e já volto
E não é que o nosso Dix acorda?
- Puxa! Um divia ter tmód kel whisky sem gelo!
Tchá