Café Sonoro

6 Comments



Apenas uma das mais belas canções da história da Humanidade, cantada por uma das suas melhores vozes...





Ilustração: «Nina Simone» by Martha Rich





You may also like

6 comentários:

catarina disse...

uabá! que linda versão... sou apaixonada por estamúsica cantada pelo jacques brell... mas esta está lá tb... obrigada, estou arrepiada...

odair disse...

Fantástico!!! simplesmente fantástico. Tive o prazer e a felicidade de ouvi pela primeira vez o 'ne me quitte pa', quando tinhas os meus 16 ou 17 anos e desde então apaixonei-me por ela e hoje foi um reencontro harmonioso comigo mesmo, cheio de nostalgia.

João hoje fizeste com que eu ganhasse o meu dia, depois de ouvir Nina Simon, que confesso não conhecia, fui remexer nos meus clássicos e (re)encontrei coisas que já não ouvia há muito tempo, Frank Sinatra, Louis Armstrong, Joe Cocker,Michael Bolton, entre outros.


Obrigado por este café margoso cheio de gostos bons!



Abraç tds

Sisi disse...

Divino!!!!

João Branco disse...

É mesmo de arrepiar, não é? Eu acho que é!

neulopes disse...

Boa escolha, João.
Aliás, és um indivíduo com um bom sentido pela música.
Adoro esta!
Muito intensa e profunda.
Mas ainda prefiro "Ne me quittes pas" nas vozes do Jacques Brell e da Mireille Mathieu.

João Branco disse...

Nem penses, Neu. Nem penses! Esta versão, com esta voz e este sotaque, bate todas as outras!