Plágio 19: Romantismos

11 Comments



Muitas vezes me apanho a reflectir sobre esta coisa estranha que é o romantismo. Navegando descobri este texto do escritor Pedro Mexia, irónico quanto baste, mas que tem o seu quê de... hum, como dizer, pertinência. Vale a pena ler.

Então ele escreve assim:

«O "romantismo" tem uma estranha conotação "feminina". Talvez noutros tempos isso fizesse sentido, por causa do gigantesco universo das leitoras de romances. Hoje, numa grande cidade, as mulheres são gélidas. Acima de determinada «classe social», nenhuma mulher se aventura em arroubos sentimentais. Em compensação, conheço dúzias de homens perdidamente românticos, miseráveis, fungantes, tremendistas, encostados à parede com Yeats e bebidas espirituosas.

Fiquei reconfortado quando encontrei a mesma experiência (com sotaque irlandês) em Monster (2004), espectáculo ao vivo do impagável Dylan Moran (Black Books):

«Não quero fazer grandes generalizações sobre as mulheres. Não estou aqui para isso. Acho de mau gosto. Só digo isto: elas não têm sentimentos.

Porque na verdade os homens é que são românticos. Os homens é que dizem coisas como:

    "Conheci uma pessoa. Ela é fantástica. Se eu não fico com ela, estou fodido. Não aguento mais. A sério. Ela transformou completamente a minha vida. Tenho um emprego, uma casa; e tudo isso já não vale nada. Não aguento mais. Tenho que estar com ela. Porque senão acabo entrevado, alcoólico e com umas calças piolhosas. E nunca mais saio à rua".

    Ora isto é o que as mulheres dizem sobre sapatos
    »

Via: http://www.estadocivil.blogspot.com/

Imagem: foto promocional do filme «Sex in the City»




You may also like

11 comentários:

Anónimo disse...

João,

estranho não teres postado nada sobre a estada no Brasil.......

Abç

Catarina Cardoso

João Branco disse...

Postar até que postei (que verbo estranho), mas foi na hora. Um destes dias faço o balanço da «coisa»...

neulopes disse...

"As mulheres são gélidas". Verdade?
Quanto ao romantismo sim. No geral preocupam-se muito em se mostrar criativas numa relação, mas escapam-lhes pormenores que comprometem sobremaneira seu sentido de romantismo. Não basta ouvir música romântica e escrever ou falar palavras bonitas. Nem compôr música "romântica".
Porém, falo no geral, porque, no particular, aquela que for realmente romântica ultrapassará quaquer Romeu ou Don Juan.
Agora, não ousem em perguntar-me o que, para mim, é ser romântico. Não sei explicar isso só sinto quando o faço ou sou alvo de suas acções.
Agora deixo uma pergunta. Afinal, não é realmente uma fonte de grande poder de sedução uma "woman in red"?

Um xi coração

Catarina Cardoso disse...

Acho que o podemos considerar um neologismo.....?

Ficamos à espera de notícias do Brasil

Miguel Barbosa disse...

Concordo 100%.
PQ teu blog não tem opção de mandar aos posts por email?
Aquele abç.

Kuskas disse...

João, sou mulher mas dou razão ao autor do texto. As mulheres de acima de determinada "classe social" não são romanticas. E a razão é simples: estão tão preocupadas em mostrar ao homem que elas são tão forte quanto, que ela são independente, afirmadas, competitivas que esquecem-se de: viver a relação no dia a dia, aproveitar cada minuto, demostrar que gostam ou amam o homem.

Meninas, os homens SABEM que somos MELHORES que eles. Por isso toca a aproveitar a vida amorosa na sua plenitude.

João Branco disse...

Xiii, e eu a pensar que este post iria gerar uma terceira guerra mundial, e afinal de contas até as clientes margosas concordam com o dito...

Miguel, vou ver isso sim!
Kuskas: saberemos mesmo? Hummmm...

Sisi disse...

Concordo que os homens quando estão real e loucamente apaixonados conseguem ser mais românticos do que nós e arriscam mais pois deixam-se levar mais pela emoção, enquanto as mulheres tendem a ser um bocadinho mais racionais e ponderam mais as consequências de jogar tudo para o alto.

João Branco disse...

O mundo anda mesmo de cabeça para o ar...

kaustika disse...

Sem duvida.
Sapato é essencial !

João Branco disse...

hehe, já estava com saudades desse veneno...