Declaração Cafeana

18 Comments


De todos os crimes possíveis e imaginários, o que mais abomino é, sem qualquer dúvida, o da pedofilia, definida como uma perversão sexual, na qual a atracção de um indivíduo adulto está dirigida para as crianças. Mete-me nojo, dá-me asco e tenho enormes dificuldades em manter o mínimo de racionalidade perante este tipo de criminalidade.

Ainda para mais sendo pai de duas meninas, confesso que um acontecimento tenebroso destes sobre qualquer uma delas, seria o único motivo que me faria capaz de perder a cabeça ao ponto de atentar contra a vida de um outro ser humano.

É nestas alturas que radicalizo o discurso. Na minha opinião pessoal, a única pena possível para indivíduos que abusam sexualmente de crianças, é a castração pura e simples do membro sexual, e em caso de reincidência, uma lobotomia e eventual oferta dos outros orgãos, como fígado, rim ou coração, para casos urgentes em listas de espera. Nestes casos, peço desculpa, mas estou-me a cagar, de alto a baixo, para os direitos humanos. Quem abusa de crianças dessa forma doentia, não tem direito a ter direitos.


Nota final: está a decorrer a leitura das sentenças de um dos processos mais horrendos da história da justiça portuguesa nos últimos anos, conhecido como o caso Casa Pia. Só espero que, não sendo possível uma solução tão radical, os culpados sejam exemplarmente castigados. Mesmo que saibamos que isso não vai trazer, nem de perto nem de longe, a paz de volta às crianças que se viram nas mãos desses patifes.




You may also like

18 comentários:

Kuskas disse...

Oh João
Ainda ontem a noite eu estava a pensar a mesma coisa. Que a unica coisa capaz de me fazer matar alguem seria isso mesmo: um fdp abusar da minha filha.

Para isso não tem desculpa. Sei que é considerado uma doença, mas deve haver tratamento ....

Joshua disse...

Castração química como é usual nos EUA. Em caso de reincidência prisão perpétua. Estou farta de ver estas pessoas serem tratadas como doentes esquecendo os direitos das crianças.

João Branco disse...

Kuskas, para certas questões nem consigo ouvir falar em "tratamentos"

Joshua, sou mais do tipp "império dos Sentidos"

Sisi disse...

Olha que eu não tenho filhos, mas penso da mesma forma...não pensaria duas vezes. Sou psicóloga, sei que se trata de um transtorno de ordem sexual, mas nesses casos acredito que os direitos das ciranças devem prevalecer.
Qto ao caso da Casa Pia João, não tenhas muitas esperanças porque a lei aqui de Portugal tem a mão muito leve nestes casos e sem contar que tem muita gente dita poderosa envolvida no caso.

Nuno Góis disse...

Mesmo sendo eu membro da Amnistia Internacional, concordo que a pedófilia está fora de tudo o que possamos conceber ou imaginar.
É, de facto, de perder a cabeça.

João Branco disse...

Sisi, também não tenho muitas expectativas...

Nuno Góis, contra esses tarados não há Amnistia que resista. Tolerância zero!

mic dax disse...

Enquanto membro da Barbaria Internacional, concordo com vocês.

Suggero o mesmo castigo para os Tutsis e para os ladrões de cavalos.

João Branco disse...

Mic Max, tens filhos? Não parece... Triste comentário.

mic dax disse...

"Dax", por favor.

(sou francês, falo português +/-)

1. Não tenho filhos, não. Mas, alem de ter convivido com algumas victimas desses sacanas, tenho uma mãe, e nunca ouvi a minha mãe reclamar a lobotomia para um qualquer ser humano, João, e não podes pretender que ela gosta de mim e dos meus irmões menos do que tu gostas dos teus filhos. Assim acho que sou capaz de ter uma opinião, até se for contraria da tua opinião.

Mais facil: nunca foste a guerra, imagino, mas tens direito de ter opinião contra a guerra, não?

2. Argumentos que vocês utilizaram são reciclaveis ad lib e para um bocado de problemas. Nunca resolveram nada, mas não faz mal, é tão bom de tornar-se animal, as vêzes.

Os militantes para a pena de morte tem a mesma raiva que vocês, o mecanismo é igual, são as limitas que variam. Na minha opinião, atacar um idoso é tambem uma obscenidade, do mesmo tipo que a pedofilia: João, qual seria a tua idea de castigo para esse crimo?

Imaginar os castigos mais cruais (castração, lobotomia, pena de morte), so serve para proteger-se contra o medo. Não resolve nada e tu sabes muito bem. A prisão, a pena perpetua são a solução.

Outras civilizações cortaram a mão dos ladrões: mas não ha menos ladrões, castigo é feito para castigar, não é para impedir.

Quantos milhares de homens a China executou cada ano? Pensas que esses criminosos não sabem que vão riscar a vida se eles roubam, assaltam, desviam? Eles sabem, sim senhor. Mas não é sufficiente para impedirem.

A sociedade não pode abaixar tanto e praticar tambem actos selvagens. Um monstro é um monstro, e deve-ser tratado assim. Mas a sociedade não pode virar-se um monstro.

Façam a favor de não confundir tudo: não estou nada a proteger os pedofilos, estou a defender a idea que eu tenho duma sociedade civilizada. Sou contra uma sociedade que anda na rua com um faca na mão, a pesquisa de um penis para cortar ou duma cabeça para abrir.

João Branco disse...

Mic Max, a sua posição ficou clara. E eu concordo com ela. Apenas digo, que no que diz respeito a este assunto, perco a cabeça e a racionalidade. Tenho que admitir. E se fizessem alguma coisa com umas das minhas filhas, acredite que ia para a rua procurar o culpado para matar mesmo. Mas pronto, admito que esta seja uma posição pouco aceitável, mas é assim que sinto este polémico assunto.

Abraço fraterno.

Anónimo disse...

O nome do gajo é Mix Dax. E, para mim, o seu raciocínio é incontornável.

João Branco disse...

Eu sei que é. Mas a palavra raciocínio não consegue estar no mesmo comprimento d'onda que a palavra pedofila. Sorry. Culpa minha.

Anónimo disse...

Porra, até eu enganei-me. Esse nome é mesmo enganador.

Teatrakacia disse...

Mic Dax!!!
E o homem está cheio de razão!!! Assim como sou contra a pena de morte...

João Branco disse...

Tchá, nestes últimos dias, vou-te dizer, no momento em que estivermos de acordo, não sei não, será porque Jesus desceu á terra?!

Teatrakacia disse...

Côme??? Gent tem ke estód d'acord? Parece coisa 'montada'? Honra de quê?
Abraço

Anónimo disse...

A proposito do caso Casa Pia e com o julgamento a entrar nas alegações finais, o pobre diabo do Bibi parece ser o único que será efectivamente condenado. O Bibismo é uma tradição comum da justiça portuguesa. Arranja-se um desgraçado que arca com as culpas todas e os restantes suspeitos acabam por ser todos ilibados, prosseguindo então as suas vidinhas.(in lusitânia Insolita)
Ana

João Branco disse...

Tchá, como diz um personagem na peça Gato Malhado, "calmex, ttraquilex, pamodi tranbose ka panhábo!" Tranquil irmon! Abraço

Ana, concordo contigo, em absoluto.