Café Literário

2 Comments



Dois prémios bem vindos: o poeta cabo-verdiano, José Luis Tavares com a obra «Os Secretos Acrobatas» e a jornalista brasileira, exercendo a profissão e investigando há longo tempo em Cabo Verde, Gláucia Nogueira com a biografia «B. Léza?! Um africano que amava o Brasil» foram ambos premiados no II Concurso Literatura Para Todos, promovido pelo Ministério de Educação e Cultura (MEC), do Brasil.

O objectivo deste concurso é o de estimular a produção de livros para o público jovem e adultos recém-alfabetizados. Num país do tamanho do Brasil e num concurso desta dimensão ver Cabo Verde ligado a dois prémios literários só pode ser motivo de orgulho.

Parabéns aos dois e um abraço aqui do Café Margoso.




You may also like

2 comentários:

Teatrakacia disse...

Com certeza que nos enche a todos de orgulho! O josé Luís Tavares (pela inegável qualidade fora-de-série) há muito que extravasou as fronteiras das Ilhas, por um lado; por outro, esse marco na história da nossa música, B.Léza, o tal do 'meio ton' bebido no Brasil da sua paixão não dissimulada... necessitava aportar as terras de Vera-Cruz, pois concerteza! Obrigado à Gláucia pela perspicácia e pelo carinho por esse Grande compositor das Ilhas.
Com certeza que nos enchem a todos de orgulho!

João Branco disse...

Bem dito!