Café do Conhecimento Diário

6 Comments


A probabilidade de ser atingido por um raio é maior do que aquela de ganhar o totoloto.


Fonte: aqui





You may also like

6 comentários:

lumadian disse...

A foto é fantástica!

LIGEIRINHO disse...

Então veja isso, amigo João...

Homem foi sete vezes atingido por raios

O norte-americano Roy Sullivan foi atendido sete vezes em hospitais, entre 1944 e 1977, por ter sido atingido por raios, porém nunca sofreu mais do que queimaduras leves. Sullivam morreu apenas em 1983, sem que nenhum raio o tivesse atingido. Ele suicidou-se devido a um desengano amoroso.
é, parece que os raios não conseguiram partir - lhe.
Raios que me partam...isso é que é desilusão amorosa.

neulopes disse...

Lógico, né?
O factor sorte está (caso se confirme) no facto de um raio não cair no mesmo lugar, enquanto que haja gente que tenha ganho o totoloto mais que uma vez.
É assim a vida e a natureza!

João Branco disse...

Lumadian, sem dúvida!

ligeirinho, a isso se poderá chamar ironia do destino, não é?

Neu, felizmente que não caiu nenhum raio em cima do vencedor que não o deixasse usufruir do prémio!

Dundu disse...

Decididamente, vou mudar de jogo.

Vou jogar no raio que o (re)parta.

O raioloto

...porque o toto, sou eu que jogo e nunca ganho.

João Branco disse...

E não fosse assim não haveria lógica de totoloto...