Declaração Cafeana

2 Comments



Um homem que, como Alexandre Soljenitsyne, passou a maior parte da sua vida preso pelo crime de pensar, merece o respeito de todos. Uma homenagem a todos os Soljenitsyne’s que sofreram às mãos de uma ditadura - independentemente da ideologia que lhe atribuem, porque uma ditadura apenas tem uma -, fosse ela na União Soviética de Staline, em Portugal de Salazar ou num outro lugar qualquer.


Imagem: Cartoon de John Sherffius, «Boulder Daily Camera»

Fonte e inspiração: Notas ao Café




You may also like

2 comentários:

Teatrakacia disse...

Os tempos mudaram, as ditaduras tombaram, quase todas. Mas o 'crime de pensar' continua de pé em mil e uma esquinas da vida... manifestando-se de mil e uma formas diferentes...
Tchá

João Branco disse...

Pois é, Tchá. Fala quem sabe... (e mais não digo!)