Café Curto

3 Comments


O Jorge Tolentino, do blogue Passageiro em Trânsito, a propósito das 25 mil visitas margosas surge com uma ideia curiosa. Escreve ele assim:

«Oxalá eu tenha a sorte de estar no Mindelo aí por volta de 27 de Dezembro [será o 1º aniversário do Café Margoso]. Só espero não me aconteça o mesmo que ao Djinho Barbosa e eu dê logo de caras com o Café. Aliás, penso que bem andarão as Senhoras e os Senhores das toponímias no dia em que votarem por estabelecer a Travessa do Café Margoso. Seria uma excelente homenagem a este novo espírito dos tempos que o Café tão bem representa.»



Aí, gostei da ideia! E quem sabe o Paulino e o Djinho não entram como sócios e abrimos o Café Margoso nessa viela! Obrigado ao Passageiro, pela bela mensagem...




You may also like

3 comentários:

Teatrakacia disse...

Pelo que vejo, morar nessa Travessa seria impossível, tal a concorrência... mas frequentar, já é outra coisa. Seria uma espécie de 'degustador residente'(!) se me deixarem.

Paulino Dias disse...

Rapaz, estou falando serio quando te digo sobre o Cafe Margoso real. O virtual eh um fenomeno de marketing, e marketing, modestia a parte, eh a minha praia rsssssssss.

Quando for a SV, nao me escapas de uma conversa, pa!

Um abraco,

João Branco disse...

Tchá, a tua presença seria sempre indispensável! sabes disso!

Paulino, na tua praia, pois sim. E nessa Praia (capital) há quem queira investir nisso?! Hahahaha