Declaração Cafeana

11 Comments



Só para contrariar, e porque hoje é dia primeiro, cá vai: detesto o mês de Agosto. É, sem dúvida, o pior mês do ano. As razões são muito simples e estão relacionadas com o facto de este mês trazer alguns aspectos da vida diária que não combinam comigo. E são eles:

1. O calor excessivo: por estes dias, o ar começa a ficar insuportável, e acordamos a cheirar a mofo por causa do suor;

2. A praia entupida: adoro o mar, mas não gosto de praia e do que ela representa, principalmente quando se enche de gente de tal forma que fica dificil conseguir estar 5 minutos sem levar ou com uma bola na cara ou com um monte de areia pelo corpo todo. Mais a mais, em Soncent, com o vento que temos por aqui, fica ainda mais dificil. Praia, só a Lajinha, de madrugada e isto é, quando dá para acordar;

3. A paródia desmedida: fica tudo meio maluco durante o mês de Agosto, são festas por tudo quanto é lugar, eventos, misses, feiras d'zona e fica ampliada essa tendência da nossa sociedade, já tão presente nos outros meses do ano, de «despôs de passá sabe, morrê ka nada». Os problemas, esses, ficam debaixo do tapete;

4. A fogueira das vaidades: é o que a Praça Nova se transforma no mês de Agosto, com a exibição de roupas «chiques», de perfumes de marca e de linguas estrangeiras (em bocas crioulas!).


Agora, para que não pensem que estou de má fé, não me custa nada admitir que o dia mais marcante da minha vida até hoje foi precisamente o dia 17 de Agosto de 1997, dia em que nasceu a minha filha Laura. Mas uma coisa é uma coisa e outra coisa é outra coisa, não é? Festa por festa, prefiro o final do ano. Tem um banho colectivo há meia noite e recordai às sete da manhã...




You may also like

11 comentários:

Dundu disse...

Como diria o outro:

"Mês d'Agoste, mês de desgoste"

Mas não é o meu caso, que até gosto. O agito me dá uma nostalgia do tempo de "estudante em férias".

Sisi disse...

Eu particularmente, gosto do mês de Agosto simplesmente porque nesta altura costumo estar e férias.

João Branco disse...

Dundu, tu e muitos outros. Eu sei perfeitamente que estou em minoria aqui neste aspecto!

Sisi, claro. Em países onde as estações do ano fazem algum sentido, até se entende que se tenha férias no Verão e não no Inverno... Mas aqui em CV? Eu, por razões óbvias, tenho férias em Setembro, para poder trabalhar para o Mindelact!

Anónimo disse...

Concordo João, em CV não faz sentido gerirmos as nossas vidas como se tivessemos estações do ano distintas. Eu tb nao sou fã de Agosto: pelo calor excessivo, pelas praias entupidas e pelas férias dos estudantes e o martirio que nós pais passamos para que os nossos filhos não virem malucos, com as festas, a praia 24h, as modas, os cremes, as pranchas...
Eu adoro Dezembro e mais ainda Dezembro "na Soncent"...!
Ana

neulopes disse...

Oh, João
No meu caso não tenho que gostar ou desgostar. O facto é que muita coisa da minha vida está ligada ao mês de Agosto. Para começar, nasci em Agosto. Casei-me em Agosto. Eu e minha esposa iniciamos namoro em Agosto. Tinha um irmão (infelizmente já feleceu) que nasceu em Agosto, e minha primeira filha também nasceu em Agosto. Mas não te tiro a razão de muita coisa que escreves, principalmente no que diz respeito à fogueira das vaidades e as línguas estrangeiras (principalmente holandês) em bocas de crioulo. E ainda acrescento mais um desgosto desse mês: os atrasos incontroláveis e descabidos da TACV e o stress que passo no Aeroporto, não esquecendo as caras desanimadas e flipadas de pessoas que esperam para embarcar ou que esperam suas bagagens que deveriam receber à sua chegada. Enfim, sou um Agostino, mas também sofro.

João Branco disse...

Ana, salvaste-me o dia! Até que enfim alguém que me compreende! hehe

Neu, tu então, na vida profissional, tens tudo para odiar o mês... Agosto no Aeroporto, safa!

Margarida disse...

João deixa-me partilhar contigo essa inimizade pelo dito mês! Também não gosto de Agosto, muito menos de Agosto em Portugal! Infelizmente por motivos profissionais e pessoais cá estou eu outra vez em plena silly season portuguesa. Desabituada das filas para tudo, do stress nas praias, do calor, do trânsito.
Enfim, vale-me a familia, e um refúio lá para os lados da serra da Estrela.
Desejo-te uma boa comemoração do dia 17... de Agosto!

João Branco disse...

Depois da Ana, agora a bela Margarida, a dar-me razão! Sinto-me um pouco melhor... hehe

Natasha disse...

hahaha=) Mi ate kum ta gosta del logo ne inicio..mas um ta cansá mto rapt=))
Ate pq mes de Agosto e´um mes de mto perturbaçao,violencia, poluicao sonora e nao so=) E principalmente de "kassubody" ate pq ha dias um fui vitima dum..fui nada de sab=))...jam ka ta po pe na rua despos de 6 hora!=))

Kuskas disse...

João

Apesar de ter um lindo motivo para passar a gostar de agosto,continuo detestando esse mês, por causa do Calor, dos Mosquitos, dos lugures entupidos de gente, e da dificuldade em encontrar uma roupa frequinha, que continue frequinha depois de 2 horas com ela vestida.

Só gostei desse mês quando eu estudava. É que nas terras de Vera Cruz era Inverno;)

João Branco disse...

Natasha, é preciso ter azar!

Kuskas, é isso mesmo, no outro hemisfério a coisa inverte-se...hehe