Ficção Cafeana

7 Comments


É preciso fazer alguma coisa, caraças!, disse com uma fúria inusitada. Isto não pode continuar assim, estamos fartos de ser pisados, fartos desta propaganda terceiro mundista, fartos de sermos ignorados. Porra! Suspirou, uma, duas, três vezes. E continuou a manifestar a sua profunda revolta. Isto não pode continuar assim, temos que fazer alguma coisa. As chuvas acabaram com a nossa cidade, a irresponsabilidade e a intolerância parecem ter tomado conta dos responsáveis, não pode ser! Todos concordaram com aquele homem, que sabia falar, tinha uma capacidade de argumentação acima da média, um futuro líder deste país, não haja dúvidas. E como futuro líder ficava deliciado ao ver o efeito que conseguia com as suas palavras, os olhares admirados, as cabecinhas abanando para cima e para baixo em sinal de concordância a cada nova frase emitida para o espaço circundante. Voltou a suspirar, uma, duas, três vezes satisfeito consigo próprio, com o resultado alcançado. Tinha conseguido impressionar, novamente. Levantou-se basofo, bebeu o resto do whisky velho (25 anos!) que ainda tinha no copo com um sonoro ahhhh, com pena de ter que sair daquela nova esplanada, sem dúvida o lugar mais in da capital. Mas tinha que ser: por causa da lama, o seu jipe último modelo estava muito sujo, tinha que ir para a oficina, ser revisto e lavado, não havia desculpa um gajo como ele, sempre preocupado com tudo e com todos, andar pela cidade com o carro naquele estado lastimável.




You may also like

7 comentários:

Tiago disse...

E o gelo, João? O gelo no whisky de 25 anos!?

Guida disse...

não Tiago, katinha gelo, katinha mot katinha luz! ha ha ha

Tchale Figueira disse...

Sem COMENTÁRIO. Um anónimo mandou-me tantos nomes via meu Blogue: Ditador, armado em Deus( como posso armar em Deus, uma coisa que não acredito?) Arrogante, Pintor de merda, que anda espalhando veneno com comentários maléficos em outros Blogues?.... Por isso João, NO COMENTS... UIUIUIIII!OI QUE MEDE:::::::::::::::::

JB disse...

Tiago e Guida; :)))

Tchalê, indiferença, a melhor arma.

zito azevedo disse...

Este fulano é o actor principal do
poema de Sofia M. Breyner que V/
publicou no dia 11 - o demagogo, tal qual como o diabo o criou!
Zito Azevedo

zito azevedo disse...

Este fulano é o actor principal do
poema de Sofia M. Breyner que V/
publicou no dia 11 - o demagogo, tal qual como o diabo o criou!
Zito Azevedo

JB disse...

Sem dúvida. Sem dúvida!