Café Publicitário

4 Comments


E porque é fim de semana, vejam lá do que estes se foram lembrar agora:




Pois, parece que a próxima capa da Playboy americana do mês de Novembro é ela mesmo, Marge Simpson. "We're told Marge also strips down for her three-page spread inside the magazine -- posing in a bunch of sexy cartoon lingerie", pode-se ler na notícia, que me fez questionar no que raio terão pensado os editores para avançar com esta aposta. Conquista de novos mercados? Mostrar que a Playboy continua a liderar em termos de criatividade gráfica? Desespero absoluto pela crise de vendas por que passa a mais famosa revista masculina do mundo? Bem, se fosse para escolher alguma personagem feminina da ficção, que tivessem optado pela escultural e aventureira Lara Croft. Eram capazes de ter mais sucesso.




You may also like

4 comentários:

Amílcar Tavares disse...

5 letras: C-R-I-S-E.

Repara, o hype já está a começar. Eu (e milhares) publiquei no meu Twitter e tu (e milhares) no teu blog.

Jogada arriscada da revista.

Tiago disse...

E por que não a Jessica Rabbit!?

Anónimo disse...

Acho de mestre, finalmente algo de inovador na estética sexual americana. E quanto ao facto de Marge ser ficção, não me lixem, e todas aquelas coelhinhas loiras e feitas de silicone são o quê? A ultima que comprei foi uma da edição francesa com a Juliette Binoche na capa, e esta também não vou dispensar.

Vasco
PS: não vão recriminar por ser uma dona de casa, pois não?

JB disse...

Micau, nem mais.

Tiago, também pensei "nela"...

Vasco, comparar a Marge com a Juliette? Sinceramente! Não tem nada a ver com o facto de ser uma "dona de casa", mesmo que virtual. Ainda esta semana foi noticiado que uma importante revista de moda alemã decidiu não contratar mais modelos profissionais e trabalhar apenas com mulheres "da vida real", inclusive para as suas capas. Será um sinal de uma nova tendência do que aí vem?