Café Matemático

10 Comments




Casos suspeitos de dengue em Cabo Verde ascende a 3.367

Comentário Cafeano: foda-se! [fonte: aqui]




You may also like

10 comentários:

Sarabudja disse...

Nha guenti.. kau sta mau.
Morte ao mosquito.

Paulo Santos Silva disse...

E quando é que o Dengue chege ao pisos superiores daquele grande Edifício ao lado da Casa Benfica em S.Vicente ? Não é a Igreja não! o outro edifício. Isso é que me interessa saber !

hugo disse...

e faltam os outros que nem ao hospital vão...

Lily disse...

Convém sempre lembrar que o período de incubação do vírus é de três dias após a picada do mosquito. Os sintomas inicias são febre alta, manchas na pele, falta de apetite, mal-estar, dores musculares e nos olhos. O controlo é feito com o combate ao mosquito vector.
Espero que nesta matemática reprove o mosquito e passem com boa nota todos os habitantes de Cabo Verde.

Lily disse...

E se o viveiro dos mosquitos não for eliminado, sobretudo as águas estagnadas, depois do dengue pode vir o paludismo.
O Ministério da Saúde e os media têm realmente um papel muito importante.

Anónimo disse...

Cá por mim, e sem querer brincar com a desgraça alheia, era bom que o mosquito aquartelasse no Parlamento ou no Palácio do Governo, pois só assim, quando os ditos Pseudo-Vip’s (classe política) sentirem na pele o que a população anda sofrendo, tomam as medidas que realmente se impõe.

Kriol

zito azevedo disse...

É preciso que a matemática dos numeros não esconda a gravidade da situação: é preciso INFORMAR !!!
Zito

Kuskas disse...

Pessoal, como disse uma vez uma pessoa num debate sobre Paludismo: o paludismo em Cabo Verde é uma questão de boa educação.
Eu explico: O mosquito tanto do paludismo e da Dengue só se reproduzem em aguas mais ou menos limpas que estejam estagnadas.
Onde se encontram geralmente os focos de mosquitos? Nas zonas urbanas.

O que há nas zonas urbanas? edificios publicos e privados. Quem anda lá por esses edificios? PESSOAS.
Não adianta nada o Ministério da Saude, ou do Ambiente ou da Educação fazerem as campanhas que tem feito, se as pessoas continuarem a não fazer a sua PARTE que para mim é a MAIS importante.

Cabo Verde não é o Gabão onde chove quase 250 dias por ano, por isso não temos desculpa não não conseguir erradicar o mosquito vector tanto do paludismo como da Dengue.

Vamos todos assumir as nossas responsabilidades e fazer o que cabe a cada um: PREVENIR.

zito azevedo disse...

Nos anos 50 do século passado uma Missão de Endemias tería acabado com o paludiscmo em Cabo Verde despois de vários anos de trabalhos de campo sistematizado.
Zito

Amílcar Tavares disse...

Oh Zito, como é que tal foi possível, se António Carreira estimou que entre 1900 e 1947 morreram 82 mil pessoas por causa da fome?

Aliás, a mortandade que provocou a de 1947 foi, sobretudo, por causa do desinteresse das autoridades portuguesas que não agiram atempadamente de modo a evitar a catástrofe.