Café Literário

7 Comments


Mais do que a notícia do prémio literário atribuído a Mário Lúcio Sousa (ler aqui), que é sempre uma boa nova, foi a obra premiada que me despertou curiosidade. "Novíssimo Testamento" é, nada mais nada menos, do que uma fábula que nasce de uma revelação fotográfica, em que Jesus Cristo ressuscita no corpo duma mulher, conhecendo assim novos desafios e provações. Esse facto coloca, segundo declarou Mário Lúcio, "uma outra leitura do mundo, outras construções, outras imaginações..."

Ou seja, o autor pega numa das mais fascinantes histórias da Humanidade e coloca o arquipélago cabo-verdiano como centro das operações. Tal como noutras ocasiões, nomeadamente no domínio da dramaturgia, Mário Lúcio volta a realidade do avesso e dá-nos novas perspectivas de questões que conhecemos muito bem. Neste caso, as ilhas de Santiago, São Vicente e Santa Luzia, e um apanhado das suas reminiscências perante Jesus Cristo dão o mote à obra: por exemplo, em S. Vicente “onde tudo é levado a uma vivência mais divertida, Jesus se sente uma super star no Carnaval”. Ou em Santa Luzia onde Jesus faz a sua travessia do deserto e diz que “a única ilha com nome de mulher e nunca teve um filho nas suas entranhas”.

Ora digam-me lá se este não é um livro que dá vontade de ler? E depois, de encenar? Me aguardem porque se bem me conheço, vamos ter um Jesus Maria (ou uma Maria Jesus) nos palcos de Cabo Verde aí mesmo ao virar da esquina. E lembro-me agora da encarnação que o próprio Mário Lúcio Sousa viveu de um Jesus Cristo mulato na peça "Auto da Compadecida", em 2005, naquela que foi a sua, até à data, primeira e única experiência enquanto actor de teatro! Quem sabe se não foi aqui que toda esta aventura terá começado? Se já lhe vestiu a pele...

Ah, e já agora, parabéns, Mário Lúcio!


Imagem e fonte: Os momentos



You may also like

7 comentários:

Manu Moreno disse...

Parabens Mario luco i obrigado pela informaxao Djonsa!!

Kel Abxom Di Kuraxom!!!
ManuMoreno.

Sarabudja disse...

Parabéns ao Mário Lúcio.
Gosto do que faz. Gosto mesmo muito de ouvi-lo contar com entusiasmo as suas coisas.
Obrigada por partilhar estas boas notícias.

Pura eu disse...

Joao..estranho que varias passagens e frases minhas da entrevista que fiz com mario lucio sobre o Novissimo Testamento, esteja neste post sem qualquer referencia da fonte.

JB disse...

Por acaso, a maior parte da notícia retirei-a do sítio oficial da Câmara Municipal que promove o prémio, mas pronto. Sem dúvida que o teu texto ajudou, o que agradeço. A imagem do ML, essa sim, saquei-a no teu blogue e fica a devida referência (mas essa imagem deve ter vindo de algum lugar e também não vi nenhuma fonte citada por lá...)

Fica a rectificação.

Pura eu disse...

Do meu blog tiraste muito mais informações do que da Camara Municipal, e as declarações do Mário Lúcio foram feitas a mim, portanto devem ser referidas como tal.

eilas:

Novíssimo Testamento" é uma fábula que nasce de uma revelação fotográfica, em que Jesus Cristo ressuscita no corpo duma mulher, conhecendo assim novos desafios e provações. Esse facto coloca, segundo declarou Mário Lúcio, "uma outra leitura do mundo, outras construções, outras imaginações..."

as ilhas de Santiago, São Vicente e Santa Luzia, e um apanhado das suas reminiscências perante Jesus Cristo dão o mote à obra: por exemplo, em S. Vicente “onde tudo é levado a uma vivência mais divertida, Jesus se sente uma super star no Carnaval”. Ou em Santa Luzia onde Jesus faz a sua travessia do deserto e diz que “a única ilha com nome de mulher e nunca teve um filho nas suas entranhas”.

Em boa verdade, não teria problema algum em citar o autor da foto, caso soubesse.

JB disse...

Fica feita a rectificação. É bom saber que há leitoras tão atentas.

Abraço, este pode ser com açucar.

Anónimo disse...

Li o livro uma primeira vez e detestei e passado algum tempo voltei a lê-lo e continuo a não gostar. Gosto do musico, mas o escitor.....ainda não sei bem. Se escrever mais alguma coisa, ´quem sabe mudo de ideias.

Mas os escritores caboverdianos têm que parar com essa maiade escrever tudo sobre C.V.

Há temas universais já temos a nossa identidade.

Tudo C,Verde.....esse seu jesus poderia tr nascido na Croácia....para mi seria bem mais interessante.