9 comentários:

Teatrakacia disse...

Brutal! mesmo! Mas acertando em cheio, na minha modesta opinião. Bom trabalho... eficaz!
Tchá

João Branco disse...

Vão lá ver que vale mesmo a pena!

neulopes disse...

Grande Anúncio!
Há muito que não tinha visto algo do género.
Violento mas direct au point, alé de ser criativo.

Sisi disse...

Por acaso, já me tinham enviado este vídeo por mail. Trata-se de uma campanha publicitária muito bem pensada, agressiva e chocante...é bastante improvável alguém ficar indiferente.

João Branco disse...

Nem mais. Já vi e revi o filme e cada vez gosto mais dele!

Anónimo disse...

João, brutal é apelido!
Abraço,
Ruben.

Anónimo disse...

A publicidade é forte e isso invoca-me insistentemente uma tese que diz que a AIDS trata-se antes de tudo de uma propaganda contra o amor.

"As condições que permitiram a evolução de todo o dogma da AIDS estão sendo repensadas. Cresce o número de cientistas, médicos e publicações que questionam o papel do HIV e até a sua existência. Questionar o HIV significa questionar uma sentença arbitrária de morte. O mito da incurabilidade baseia-se na visão ortodoxa do HIV, uma crendice que sustenta todo o edifício da AIDS. Este edifício está ruindo."

http://www.aliveandwell.org/

João Branco disse...

Bem, muito interessante!

Anónimo disse...

Chocante e real .
bom que esse video tivesse uma divulgação bem alargada a novel de Cabo verde....

dá que penssar este video...

Wicca