3 Cafés Curtos

4 Comments


1. O músico Mário Lúcio Sousa vai estar no Onda Jazz, em Lisboa, dia 03 de Julho, às 23:00 horas, para apresentação do seu novo CD Badyo. Como escreveu um cliente aqui do Margoso, «Não há desculpas para não aparecer»;

2. Na cidade do Mindelo, vai ser apresentado o documentário «Mindelo - Tráz D'Horizonte», uma co-produção greco-cabo-verdiana (!). Participam nesta longa metragem vários actores cabo-verdianos como, Fonseca Soares, Elisabete Gonçalves, Zenaida Alfama Medina, Sílvia Lima, Mirtó Veríssimo, Anselmo Fortes e Mirita Veríssimo. A projecção terá lugar no dia 05 de Julho, no Auditório do Centro Cultural do Mindelo, às 18h30 e inclui também uma exposição de fotografias do realizador grego Alexis Tsafas e do director de fotografia Yannis Fotou, numa outra visão da beleza e peculiaridades da Ilha e dos seus habitantes;

3. O Ministério da Culura anunciou hoje, a instituição de mais um prémio, desta feita, o Prémio Pantera Descoberta de Talento Jovem, vulgo Prémio TJ, a atribuir a jovens talentosos no domínio da música e nascidos depois da Independência Nacional. Bem, sempre defendi que o reconhecimento do mérito aos artistas que o merecessem por parte do Estado era uma das atribuições de um MC. Mas não a única, muito menos a mais importante ou mediática. Mas o mais bizarro é a ligação entre o «ser-se jovem» e ter-se nascido «depois da independência nacional». Faz algum sentido?




You may also like

4 comentários:

Teatrakacia disse...

1- Mário Lúcio e 'Badyo' na estrada! Convém acrescentar que o nosso artista também vai estar nos próximos dias no carismático e desejado 'New Morning'... Nisso tudo, o que interessa é a nossa música passeando a sua classe por este mundo fora.
2- Quanto ao 'Mindelo - Tráz d'Horizonte', só uma rectificaçãozinha em relação à hora da projecção: 20H30. 18h30 é a abertura da exposição.
3- A ideia é boa! O patrono não podia ser melhor... agora sobre o alvo do TJ, só achei como possível motivo, a efeméride... e o marco para o país. Mas neste caso... daqui a alguns anos os talentos jovens podem não ser nada jovens!
Tchá

Edy disse...

Mais uma função do/para o MC:
- dar algum trabalho à Inpencção Geral das Acyividades Culturais:acabar com a pirataria,venda e aluguer de filmes gravados e pirateados na tv nacional,privada e nos videos clubes...
- fazer um acordo com as camaras,pelo menos,do mindelo e da praia,para fazerem uma especie de joint-venture no sentido de abrir e financiar o funcionamento regular de salas de cinema...

neulopes disse...

Edy, agora falaste a minha língua.

Não é que a atribuição desse prémio fez-me sentir um cota? Porra, estou mesmo velho. Nasci antes da Independência Nacional.
E para quando outros prémios? E para nós das artes cénicas? Quando vão lembrar-se de nós?

João Branco disse...

Neu, o Prémio de Mérito Teatral, é patrocionado pelo Ministério da Cultura... Por norma, é o próprio, ou alguém que o represente, que o entrega. O seu a seu dono.