Um Café com a frase do Sócrates

5 Comments


Não vi, mas foi um amigo que me avisou, entusiasmado: "sabes qual foi a primeira frase que disse o Primeiro-Ministro de Portugal, na grande entrevista que deu hoje à SIC?" Não sabia, evidentemente. Mas ele disse-me. E eu pensei cá com os meus botões, espero que os dois primeiros, o de cá e o de lá, tenham falado deste assunto na última visita que fez ao arquipélago! 

Ah, a frase foi esta:

"Se há um erro que é possível identificar ao longo destes anos é que talvez deveríamos ter investido mais em cultura."

Se penso que isto vai mudar alguma coisa? Não sei. Mas com a tendência que temos de copiar modelos da antiga metrópole não seria mau ler esta frase e ver a sua possível aplicação à realidade cabo-verdiano. 

Ilustração: "Opportunity" de bexe




You may also like

5 comentários:

Anónimo disse...

Haja paciência!

a) RB

Lily disse...

Se a resposta à pergunta cafeana de hoje for sim...já nem sei que diga, porque ontem vimos o PM de Portugal como nunca antes visto, até o tom da sua voz estava mudado...(desculpem lá, mas não vou em mudanças assim repentinas).
Quanto à frase, foi provavelmente a única coisa de jeito dita...mas, não tem mal, porque apesar de tudo, ele está muito satisfeito com ele próprio.
Se penso se mudará alguma coisa (aqui ou aí)?
Também não sei, mas receio que não. Os incentivos dados à cultura e consequentemente ao acesso à mesma cultura, manter-se-ão.
E já agora, por deformação profissional, o João o que achou da "encenação" do PM (no caso de já ter tido a oportunidade de ver)?

João Branco disse...

RB, os homens não podem mudar? Caramba....

Lily, achei deliciosa... mas pouco convincente. Agora, adorei essa primeira frase! Tocou na parte fraca!

Tina disse...

É, o Sócrates é um belíssimo orador. O problema é mentir com todos os dentes que tem na boca. Ao querer mostrar-se humilde, errou logo ao declarar-se satisfeito consigo próprio, numa altura em que o país está de rastos.
A frase traduz uma imensa verdade, mas esse "talvez" atraiçoa logo as intenções do homem. Investir mais na cultura? Esperemos sentados.

zito azevedo disse...

Ou me engano ou o Sr.JS devería
ter dito "devêssemos" ou, então,
evitar o "talvez"... De resto, não
devería, isso sim, usar uma pele
de cordeiro que, definitivamente,
não lhe serve.
Zito Azevedo