Um Café com as filha de Obama

5 Comments




Barack Obama volta a surpreender quando afirmou numa entrevista à revista “Essence” que as suas filhas, Sasha e Malia, estão proibidas de ver televisão durante os dias de semana. O objectivo é ajudar a melhorar os resultados escolares. “As meninas não vêem TV durante a semana. Ponto”, disse Obama. 

Obama revela ainda que a primeira coisa que Sasha (oito anos) e Malia (11 anos) fazem quando chegam a casa é fazer os seus trabalhos de casa. Se não concluem os deveres até à hora do jantar (por volta das 18h30) continuam a seguir. E quando acabam os trabalhos de casa têm autorização para ler até à hora de dormir. Não se sabe se há alguma lista de livos proibidos... Talvez numa próxima entrevista. 

O mais extraodinário é o facto do país que de forma mais profunda vive à volta e para os acontecimentos ditados pelas cadeias de televisão, ter um Presidente que recomende a mesma medida a todos os pais. "Não tenho dúvidas de que Michelle e eu estamos numa situação privilegiada e temos mais recursos do que muitos pais. Contudo, há coisas que todos os pais podem fazer, não importa o quão ricas ou pobres sejam, como desligar a televisão", acrescentou Obama. 

Não podia estar mais de acordo com a medida e quando disse à minha filha Laura, que tem 12 anos, para ler esta notícia, ela riu-se e falou: "ta dret, ma enquanto un continua a ter média de 19, nha novela, bo ka ta tram el!" É o que dá ter filhas inteligentes, louvara Deus.




You may also like

5 comentários:

Sarabudja disse...

wow Parabéns à Laura pela fantástica média. Isso deixa qualquer humilde mortal com um orgulho da sua cria!!
Deixar os miúdos a vegetar em frente à televisão é uma forma de mau trato, mas há coisas interessantes que podem servir de alavanca para conversas, não menos interessantes.
Lembro-me de ter 10 ou 11 anos e responder a um inquérito na escola sobre gostos e rotinas. Todos da turma disseram que o Programa favorito era o "Telejornal", eu decidi dizer a verdade e disse "Telenovela" - era a melhor aluna da turma, e o meu pai foi abordado pela Directora de Turma, que achou piada, note-se!
Claro que um livro estimula um lado criativo que nenhuma imagem conseguir estimular...
Nem sempre, nem nunca.

Lily disse...

Pois é pai João, contra factos, não há argumentos!!!
Parabens à brilhante Laura ( que tem um nome muitíssimo bonito!)

ManuMoreno disse...

[APLAUSO] a Laura
Sabedoria da vossa Senhoria(Mulher do Djonsa e Mae da Laura)

ManuMoreno
Kel Abxom Di Kuraxom

nmribeiro disse...

Mando dois bons videos sobre educação
http://www.youtube.com/watch?v=yFi1mKnvs2w
http://www.youtube.com/watch?v=0pn_oTIwy4g


Nuno Ribeiro

GJ disse...

Temos de ter em conta o desfazamento de horários de leitura, televisão, jantar e por aí fora nos USA. A Laura tem muita razão, com média de dezanove ela em todo o direito de ver a novela preferida. Aposto que as meninas Obama fogem da linha às escondidas."Não há famílias perfeitas" como diz o livro.;)