Mensagem Cafeana

1 Comments




Recebi esta mensagem. Não conheço quem a enviou, mas merece publicação.

Boa tarde!

Ao longo destes anos que levo com este e-mail, acumulei uma data de contactos. Basta espirrar quando um determinado endereço está no ecrã e, ZÁS, ei-lo inserido no livro de contactos.

Como me começa a assustar a dimensão desta lista (e porque acredito que 48% das pessoas não fazem a menor ideia de quem eu sou e vice-versa), optei por enviar esta singela mensagem, para saber de onde é que nos conhecemos (sim, mãe e pai, isto também é para vocês).

Assim, caso não obtenha qualquer resposta no prazo de 27 dias, concluirei que:

- Esta relação tem sido um equívoco, pelo que o único passo sensato a dar é acabar com a mesma;
- Ainda não conseguiste descobrir quem sou eu e porque raio enviei isto;
- Amuaste porque insinuei que não nos conhecemos (sim, mãe e pai, vocês também);
- Borrifaste-te para o assunto porque é da forma como o teu endereço será apagado;
- Esta é uma conta de e-mail que nunca mais foi usada.

Beijocas e abraços conforme o género,

Rafeiro Perfumado




You may also like

1 comentário:

zito azevedo disse...

A figura define-se numa palavra: busca! Já o texto, é menos claro, donde uma vez mais se prova que uma bela imagem pode dizer mais do que mil palavras...