Café Cinematográfico

8 Comments



O filme é bom, mas o cartaz é ainda melhor.




You may also like

8 comentários:

Anónimo disse...

JB
Adoras uma mulher bonita... tens bom gosto, devo admitir.
ANF

JB disse...

Mas é que não é uma. São três. As três lindas. E o filme é lindo também.

Anónimo disse...

O filme é um espetaculo. Já vi.
Me fascinou a ideia do beijo em cima do balcão filmado de cima e adorei a forma como pequenos detalhes eram destacados como uma cena de que me lembro da câmara apanhar apenas o salto do sapato de uma delas, só um exemplo porque o filme é replecto de momentos do tipo que achei super charmoso e original.
ANF

Cesar Schofield Cardoso disse...

Se virem os outros filmes de Wong KarWai vão achar este uma novelinha sem graça. E sinceramente Norah devia só cantar...e olhe lá. Com uma protagonista experiente quem sabe este filme pudesse ter outra fibra. Mas os filmes de Kar Wai estão sempre acima da média e há sempre pontos de vista muito diferentes nos seus filmes.

Rachel Weisz é de matar, em beleza e interpretação. Deus tava na goz!

JB disse...

Por acaso não concordo nada com o César no que diz respeito à Norah. Ela tem aquela naturalidade de quem interpretou na vida, mas é uma excelente receptora de vidas outras. Gostei bastante. Quanto ao talento do realizador, aí estamso de acordo. A sua cinematografia é orginal e única. Aqui e nos filmes anteriores.

Anónimo disse...

César
Achas que a Norah "devia só cantar... e olhe lá."
Isso quererá dizer que ela tb não é grande coisa a cantar??
Se assim for - com todo o respeito pela tua pinião - perdoa-me mas dicordo em 100%. Eu adoro-a cantando e gostei muito de vê-la no my blueberry nights.
Opiniões!!!
Aquele abraço
ANF

Cesar Schofield Cardoso disse...

Claro. Opiniões. Aliás, gostos.

Norah Jones faz parte desses artistas que criaram (em mim) grandes expectativas e defraudaram-nas: Norah Jones, Maria Rita, Joss Stone...Enfim, coisas do mundo pop.

Mas se disse. Gostos.

Cesar Schofield Cardoso disse...

João, todas as críticas a este filme tem a ver com a interpretação de Norah...e eu junto-me ao coro de críticas.