O Rigor

4 Comments


          O rigor do verão quase
          extinguiu os pequenos
          oásis do coração:
          nenhum
          de nós conseguiu dobrar
          o lume, acariciar
          o tigre, desviar a sombra
          dos lábios - arder era afinal a nossa vocação.

          Eugénio de Andrade in "rente ao dizer"





You may also like

4 comentários:

Felina disse...

Bom regresso!!!
Programei o despertador para dia 22 e não é que o café abriu mais cedo... novo visual ... muita energia a avaliar pelos posts já publicados... já estava com saudades...

mdsol disse...

Eugénio de Andrade, sempre!

:))

JB disse...

Obrigado Felina!

Mdsol, este aqui foi inspirado no teu blogue. Um dos meus preferidos!

zito azevedo disse...

Quando se trata de E.Andrade, mantem-se o "defeito" habitual: SABE SEMPRE A POUCO !
Zito Azevedo