Café Cinematográfico

2 Comments


O filme Laranja Mecânica, de Stanley Kubrick é considerado o filme mais polémico de sempre pelo jornal inglês Telegraph, que escolheu os 10 filmes mais controversos da história do cinema. A lista é encabeçada pelo filme que Stanley Kubrick realizou em 1971. (fonte: aqui)

Mais do que controverso, Laranja Mecânica é um filme genial. Como escreve o blogue Cine Rosebud, "Laranja Mecânica é um filme de antecipação cultural. Todos os seus assuntos dizem respeito ao actual modelo de sociedade pós-revolução midiática dos anos 80. O centro do filme se constrói na degradação e desconstrução dos valores sociais contemporâneos à realização da película. Veríamos mais tarde que de facto várias das propostas do filme se concretizariam, como a associação de bebida e violência, a divisão da juventude em grupossociais dentro de um grande grupo, a hipocrisia a respeito da punição da violência quando todos estão fascinados por ela. A música como canal de identificação cultural dos jovens e o mundo destroçado como a Londres do futuro antecipada por Kubrick. Em poucos filmes cabe o adjectivo de revolucionar a arte cinematográfica e tornar-se ainda melhor do que a obra em que se baseou, esse é o caso de Laranja Mecânica, um livro de Antonhy Burgess, que viria a se tornar um filme-sinfonia de luz e cor com uma beleza incomparável."

Nota: este é um artigo dedicado a Mário Almeida, autor do (excelente) blogue Tempo de Lobos, que tive o prazer de conhecer pessoalmente na passada sexta-feira na cidade da Praia e que sonha fazer filmes em Cabo Verde. Vais fazer os teus filmes, camarada, porque a vontade de fazer é o motor dos sonhos irrealizáveis. Abraço cafeano.



You may also like

2 comentários:

Ivan Rodrigues disse...

Por falar em cinema acho que ja esta mais do que na altura de alguem fazer qualquer coisa a cerca do facto de não haver uma sala de cinema aqui em S.Vicente...

JB disse...

Quem me dera, meu caro. Se ganhasse o Euromilhões seria o primeiro investimento. Bem, o segundo, depois de uma boa sala de teatro (até podia ser o mesmo espaço)