Mulheres Cafeanas 42

3 Comments





Isaura Gomes é daquelas mulheres que não deixa ninguém indiferente. Muitos a veneram, outros não assinam por baixo o estilo e o seu modo de fazer política. Independentemente das opiniões, estamos perante uma das mais marcantes mulheres da história de Cabo Verde, cuja coragem e frontalidade (há quem considere essa forma de estar uma irresponsabilidade) lhe tem trazido vitórias e dissabores. Faz campanhas eleitorais com a mesma naturalidade com que salta para cima de um palco a dançar para o seu povo, exteriorizando uma alegria e energia contagiante, incomodando aqueles que pensam que os políticos não se deveriam sujeitar a fazer tais "figuras".

Segundo esta noticia do Semana online, a presidente da Câmara Municipal de S.Vicente encontra-se novamente em repouso, depois ter desmaiado esta quarta-feira, 31, no seu gabinete, logo assim que chegou ao trabalho por volta das 9 horas.  Espero que recupere, até porque nem sempre estando em sintonia com Isaura Gomes, não posso deixar de lhe admirar o percurso de lutadora, de quem sempre procurou tirar da vida o melhor que a vida nos pode dar.

Que recupere o mais rapidamente possível, é o desejo aqui do Café Margoso.




You may also like

3 comentários:

Carla disse...

Nem sempre concordo com as posições que ela defende mas acredito que boa parte das criticas feitas a ela prendem-se com o facto das pessoas ainda não "realizarem" que em Cabo verde a mulher pode escolher o percurso que quiser, sem se a ter aquilo que a sociedade considera adequado. explico: a visão machista que ainda domina não consegue enquadrar Dra Isaura naquela moldura que escolheram para a mulher cabo-verdiana: super séria, apagada, na sombra dos homens. a mulher pode estar na politica, pode ser empresária ou artista desde que não incomode, que não deixe de fazer o jantar e de cuidar dos filhos para que o marido esteja nos bares e nas paródias. claro que há uma geração querendo (e as vezes conseguindo) mudar este estado de coisas. mas ainda leva tempo e o exemplo da Dra Isaura deve ser aproveitado.
eu tenho muito respeito pelo percurso dela, por ser a primeira mulher a governar uma Câmara, por ser uma empresária de sucesso, sem perder a sua identidade e acima de tudo por ser muito corajosa.
melhoras e espero que se recupere rápido. conto vê-la na disputa pelas presidenciais.

Pss disse...

Muito interessante Carla. Com quem então a visão machista não consegue enquadrar a Drª Isaura não é ? De facto a visão machista do homem caboverdeano não concebe que uma presidente de Câmara tenha o linguajar de um humilde tratador de peixe de Rua de Praia. A visão machista não consegue entender que uma presidente de Câmara sobe ao palco do festival de Baia para aquelas cenas tristes que nos vem brindando. (Será que entenderia se fosse um homem ?) De facto essa visão machista não consegue enquadrar que as intervenções em todo os locais onde ela esteja seja feita com base em breijeirices e piadas rascas(machistas?).
Só faltava agora era virem eleger Isaura como mártir da visão machista do caboverdeano. Será por causa dessa visão machista que ela não mexe uma palha na câmara para qual foi eleita ? Também quero vê-la nas presidências. Ela que vá para as presidências e sai o mais urgente possível de S.vicente.

Júlio Leite -POPEY disse...

está aqui uma grande mulher: alto astral, bondosa, e muito independente. Zau, melhoras porque o povo te aguarda. valente não tem amigo.